sexta-feira, fevereiro 24, 2006

CARNAVAL FESTA PROFANA!



Festa Profana
O que diz a Palavra sobre o Carnaval
Antes de mais nada, gostaria de trabalhar a palavra 'carnaval' e depois meditarmos dentro da ótica bíblica.

Origem e antiguidade clássica. A origem do carnaval é também objeto de controvérsia, mas tem sido freqüentemente atribuída à sobrevivência e evolução do culto de Ísis, das bacanais, lupercais e saturnais romanas, das festas em homenagem a Dioniso, na Grécia, e até mesmo das festas dos inocentes e dos doidos, na Idade Média. Por sucessivos processos de deformação e abrandamento, essas festas teriam dado origem aos carnavais dos tempos modernos, como os que se realizam em Nice, Paris, Roma, Veneza, Nápoles, Florença, Munique e Colônia. Independentemente de sua origem, é certo que o carnaval já existia na antiguidade clássica e até mesmo na pré-clássica, com danças ruidosas, máscaras e a licenciosidade que se conservam até a época contemporânea.
Idade Média. A Igreja Católica, se não adotou o carnaval, teve para com ele alguma benevolência. Tertuliano, são Cipriano, são Clemente de Alexandria e o papa Inocêncio II foram grandes inimigos do carnaval mas, no século XV, o papa Paulo II foi muito mais tolerante e chegou a autorizar o uso da Via Lata, diante de seu palácio, como palco do carnaval romano, com corridas de cavalos, carros alegóricos, batalhas de confetes, corrida de corcundas, lançamento de ovos e outros folguedos populares'.

Ótica na Palavra de DeusFalar contra o carnaval é enfrentar a correnteza rio acima. É uma pena que o aspecto cultural dos desfiles está tomado pela exploração do sexo. O ritmo diferente e contagiante do samba, as alegorias e representações da história e da cultura brasileira, poderiam ser exportados para o benefício do país. Mas...Dizem que carnaval é alegria do povo, expressão da cultura e folclore popular. Se fosse só isto, o Salmo 150 até poderia ser um convite para esta festa: 'louvem o Eterno com pandeiros e danças'. Mas a euforia do carnaval desde sua origem até nossos dias tem mostrado que o melhor mesmo é ser contagiado pela tristeza pois este sentimento ao menos pode levar a Deus.

Dedicado ao Momo, deus da mitologia grega que representa a zombaria e o sarcasmo, o carnaval brasileiro debocha dos princípios morais de maneira escandalosa. Apoiada pela televisão sem nenhuma ou pouca censura, a 'festa da globeleza' alimenta a tara sexual e faz o governo distribuir gratuitamente camisinhas aos foliões com o dinheiro dos contribuintes fiéis às suas esposas.

Nos Estados Unidos, onde a liberdade de imprensa é constitucional, e quase cada cidadão sabe na ponta da língua a emenda número um, que define a liberdade de expressão, há formas e conteúdos de programas e comerciais que são regulados pelo FCC (equivalente ao nosso Ministério das Comunicações). Isso está baseado em teorias de comunicação comprovadas por pesquisa, no que diz respeito ao impacto dos meios de comunicação de massa, particularmente da TV. Algumas dessas teorias são: A teoria da Decensitização, do Uso e Gratificações, de Influências Seletivas, de Acumulação de Mínimos Efeitos, e outras. Propagandas de cigarro e bebidas alcoólicas não estão na programação das grandes redes nacionais de sinal aberto. E o clip de chamada do carnaval, com a 'globeleza,' nem pensar. E olha que nos EUA, como em todo o lugar, o sistema de comunicação está 'assim' com o poder econômico .

Na verdade o cristão tem motivos de sobra para se alegrar 'porque a vida sempre é agradável para as pessoas que têm um coração alegre' (Provérbios 15:15). É uma alegria que vem da fé num Deus vivo e não num deus morto (Momo é um deus morto que conforme a mitologia foi expulso do Olimpo para ser na Terra o rei dos loucos). Já dizia a Bíblia que os loucos pecam e não se importam (Provérbios 14:9). Por ser o carnaval uma reedição moderna das religiões pagãs e um convite à promiscuidade, por ser uma festa que destrói o casamento e a família, por ser um 'louvor à carne' que antecede à festa da Páscoa ofendendo o único Deus que se fez homem, morreu e ressuscitou para oferecer a alegria que não acaba, certamente o cristão tem outros motivos para festejar 'com pandeiros e danças'.
Além de ser algo saudável para a sua fé, é um testemunho para este mundo infeliz que tanto Deus ama.

quinta-feira, fevereiro 23, 2006

AMAR OU ABANDONAR OS INCRÉDULOS?



Como deve viver o povo de Deus quando rodeado de incrédulos?

Foi o que acabou acontecendo com Judá, que perdeu, a exemplo de Israel, sua terra e a liberdade que desfrutava como nação independente de Deus.
O povo fora deportado para a Babilônia e forçado a recomeçar a vida no meio de uma sociedade estranha.
Agora, adorar o Deus verdadeiro - de repente um objetivo atraente de se buscar - tornou-se mais difícil. Rodeados por adoradores de falsos deuses e por religiões mundanas, os judeus tinham de aprender a viver no mundo sem ser do mundo.

Ao serem levados cativos para a Babilônia, os filhos de Israel enfrentavam algumas questões bastante sérias relacionadas à civilidade.
Tinham vivido por longo tempo na própria terra, com regras e instituições que lhes eram familiares. Tinham experimentado a unidade de um povo comprometido (ao menos oficialmente!) com a obediência à vontade de Deus em todos os aspectos da vida.
De repente, porém, eram estrangeiros em um ambiente desconhecido, cercados por uma cultura impregnada de paganismo.
O salmo 137 registra-lhes o argumento pungente: "Como poderíamos cantar as canções do Senhor numa terra estrangeira?" (v. 4). Deus respondeu-lhes o questionamento por intermédio do profeta Jeremias. Vocês devem se estabelecer na terra por um período longo, diz o profeta ao povo: construam casas para morar, plantem sementes, casem-se e tenham filhos; "multipliquem-se e não diminuam" (Jr 29.4-6). E então ele acrescenta uma "declaração política" muito importante: "Busquem a prosperidade da cidade a qual eu os depor-tei e orem ao Senhor em favor dela, porque a prosperidade de vocês depende da prosperidade dela" (v.7).

Deus estava falando ao povo para não criticarem os novos vizinhos e sim se importar com eles, envolver-se com eles, buscar-lhes o bem.
O Senhor abomina a adoração de falsos deuses e despreza as religiões que em vez de servi-lo, pregam a vida em função do eu. Mas ele não odeia as pessoas em si. Várias vezes nos lembra, por intermédio dos profetas, que ele detesta a maldade mas não o maldoso. Deus quer que todas as pessoas se acheguem a ele e sejam salvas. A própria Bíblia é uma longa mensagem do amor e perdão de Deus para aqueles que não o merecem. Como o povo de Judá, vivemos em uma sociedade em que muitos não seguem a Deus. Podemos de vez em quando nos sentir tentados e ignorá-los ou tratá-los de modo condescendente, mas não é assim que Deus opera. Como ele salienta a importância de nos apegarmos com firmeza a nossas crenças sem transigir, ele também enfatiza a necessidade que amemos os outros com o amor que ele nos mostrou.

Deus está dizendo aos israelitas - e a nós - que nem a indiferença nem a hostilidade é o modo mais adequado de tratar os vizinhos pagãos. Temos de buscar-lhes o bem estar. Na verdade, é na busca do bem estar dos outros que se concretiza o nosso. Quando os cristãos não correspondem aos padrões de bondade e gentileza, deixamos de ser o povo que Deus nos chamou para ser.

Antes de morrer, Jesus exprimiu em oração o maior desejo de Deus. "Assim como me enviaste ao mundo, eu os enviei ao mundo. [...] Que eles sejam levados à plena unidade, para que o mundo saiba que tu me enviaste, e os amaste como igualmente me amaste" (Jo 17.18,23). Deus se delicia não em punir o pecado mas em trazer os pecadores para junto de si. E optou por nos usar para viver essa mensagem.

Meditação diária

Qual sua atitude para com quem não segue a Jesus? Você se esforça mais para lhes falar de suas convicções ou para tratá-los com amor e bondade? Ore para que as palavras do apóstolo Pedro se tornem realidade em sua vida: "Estejam sempre preparados para responder a qualquer pessoa que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês" (I Pe 3.15).

quarta-feira, fevereiro 22, 2006

ESPERE EM DEUS




SALMO 42

1 ASSIM como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus!
2 A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus?
3 As minhas lágrimas servem-me de mantimento de dia e de noite, enquanto me dizem constantemente: Onde está o teu Deus?
4 Quando me lembro disto, dentro de mim derramo a minha alma; pois eu havia ido com a multidão. Fui com eles à casa de Deus, com voz de alegria e louvor, com a multidão que festejava.
5 Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face.
6 Ó meu Deus, dentro de mim a minha alma está abatida; por isso lembro-me de ti desde a terra do Jordão, e desde os hermonitas, desde o pequeno monte.
7 Um abismo chama outro abismo, ao ruído das tuas catadupas; todas as tuas ondas e as tuas vagas têm passado sobre mim.
8 Contudo o SENHOR mandará a sua misericórdia de dia, e de noite a sua canção estará comigo, uma oração ao Deus da minha vida.
9 Direi a Deus, minha rocha: Por que te esqueceste de mim? Por que ando lamentando por causa da opressão do inimigo?
10 Com ferida mortal em meus ossos me afrontam os meus adversários, quando todo dia me dizem: Onde está o teu Deus?
11 Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deus.

Há algum tempo quando eu me converti ao Evangelho de Cristo, eu pensava que o livro de Salmos era apenas poesias para lermos em ocasiões espaciais, como: festas, aberturas de cultos e etc... Mas com o passar dos tempos, eu percebi que há mensagens lindas em Salmos, percebi, que Salmos também é a Palavra de Deus, e Deus nos abençoa através do livro de Salmos. Este Salmo em especial, me abençoa muito, por se tratar de um testemunho que aconteceu a um homem de Deus, os filhos de Core eram levitas na casa de Deus, e ele estavam passando por um momento muito difícil em sua vida, a Bíblia não fala do que se trata, mas era uma situação mui delicada, a tal ponto dele achar que Deus se esquecera dele (V 9) e ele nesta oração expressa toda a sua amargura de alma diante de Deus, é sem duvida alguma um Salmo mui lindo.O que me deixa surpreso é que apesar de sua situação lastimável, ele ainda tinha sede de Deus (VV 1e2), ele não abria mão da presença de Deus, mesmo em meio às lutas e dificuldades, nós não podemos perder a sede de Deus, isto é a força que nos Põe de pé, porque é no momento de dificuldade que nós devemos buscar mais a Deus.Em suas lamentações, ele começa a lembrar de sua fidelidade a Deus, ele era fiel a Deus, mas isto não o privava de passar por dificuldades, então, ele passou a jejuar e clamar a Deus, as lagrimas eram o seu alimento de dia e de noite (V3) e num momento de tribulações, os inimigos sempre vinham para acusar, dizendo que Deus se esqueceu dele e com isto tentar trazer incredulidade em seu coração: e o teu Deus, onde está?(V3). Mas ele sabia que Deus não tinha se esquecido dele, pois ele dizia: espera em Deus, pois ainda O louvarei (V 11). Deus nunca se esqueceu do salmista, e nem de nós, ainda que não vemos saída, Deus está conosco. E ele em seu momento de fraqueza, ele lembrava a Deus de seu ministério:Quando me lembro disto, dentro de mim derramo a minha alma; pois eu havia ido com a multidão. Fui com eles à casa de Deus, com voz de alegria e louvor, com a multidão que festejava.(V4) quando a dificuldade vem, ela vem para todos: pastores, diáconos, músicos, etc... Ela não escolhe ministérios e sim, muitas vezes, pessoas consagradas a Deus, e o salmista era uma pessoa consagrada a Deus, talvez, você esteja como o salmista, lançando na face do Senhor que você é uma pessoa de ministério, mas meu amado! Seja como o salmista: espera em Deus.Tome uma posição, não deixe que as adversidades te tragam desânimos, Deus tem um propósito em tudo, nós não sabemos o porque das lutas do salmista, a Bíblia não diz, mas teve um propósito, e na tua vida também, há um propósito de Deus e você vai vencer e vai cantar o hino da VITORIA, AMEM? O salmista convidava a sua alma a esperar em Deus (V 5), pois ele sabia que em Deus poderia confiar, que Deus pelejaria em prol da sua vida, ele dizia também que sua alma O louvaria(V 5), isto quer dizer que sempre há esperança, sempre há esperança para quem espera em Deus: Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera(IS:64:4) Portanto, espera em Deus, a ordem de Deus, é: espere em Deus, Lembro-me do profeta em lamentações de Jeremias, quando ele vivia um caos em sua vida, em meio a tanta calamidade descrita no capitulo três, ele se lamenta, mas logo ele cai em si, e diz: Disto me recordarei na minha mente; por isso esperarei, as misericórdias do SENHOR são as causas de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim;Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade.(Lm 3:21-23). Este, sem duvida alguma é a nossa esperança, passamos por dificuldade, mas Deus é conosco: Contudo o SENHOR mandará a sua misericórdia de dia, e de noite a sua canção estará comigo, uma oração ao Deus da minha vida (V 8) meu amado, eu não sei qual é a tua situação, mas eu sei que Deus é contigo, assim como Ele foi com o salmista.Talvez os inimigos estão escarnecendo de você dizendo: “onde está o seu Deus, ou seja, onde está o seu Deus que não vê o seu sofrimento? Deus não é tão bom contigo, se não você não estaria passando por isto sempre que alguém, ou no seu pensamento vier estas acusações, faça como Jô: Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. (Jô: 19:25) com isto você estará calando a boca de teu inimigo”.Portanto eu repito, a ordem de Deus é: Espere no Senhor: Pereceria sem dúvida, se não cresse que veria a bondade do SENHOR na terra dos viventes.

Espera no SENHOR, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no SENHOR (Sl 27:V 13,14)

Enviado por: Carlos Albertorcaribeiro@oi.com.br
Igreja Missionária Evangélica Maranata
Rio de Janeiro - RJ

segunda-feira, fevereiro 20, 2006

GETSÊMANI


Getsêmani, lugar de conforto de Deus! Lc 22:39, 46. 39

E, saindo, foi, como costumava, para o Monte das Oliveiras; e também os seus discípulos o seguiram.
40 E quando chegou àquele lugar, disse-lhes: Orai, para que não entreis em tentação.
41 E apartou-se deles cerca de um tiro de pedra; e, pondo-se de joelhos, orava,
42 Dizendo: Pai se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua.
43 E apareceu-lhe um anjo do céu, que o fortalecia.
44 E, posto em agonia, orava mais intensamente. E o seu suor tornou-se grandes gotas de sangue, que corriam até ao chão.
45 E, levantando-se da oração, veio para os seus discípulos, e achou-os dormindo de tristeza.
46 E disse-lhes: Por que estais dormindo? Levantai-vos, e orai, para que não entreis em tentação.

É sem duvida alguma uma linda passagem, esta passagem me abençoou muito num tempo muito difícil em que passei na vida, e o meu desejo é que te abençoe também, eu não sei como estás passando no momento, mas eu gostaria que você lesse esta mensagem com o coração, e não com os olhos.
O Senhor Jesus quando caminhou na terra, foi exemplo em tudo para nós, tudo que sentimos, Ele sentiu também, em todas as situações que possa te ocorrer, Ele também sentiu por nós, tanto nas lutas, como nas perseguições, nas angústias, enfim tudo que você possa estar sofrendo, Ele também sofreu.

E nesta passagem, com certeza, foi o momento mais difícil na vida do Senhor Jesus, a hora da crucificação estava chegando, Ele percebendo que seria um momento muito difícil, foi para o lugar de costume, para buscar a face de Deus, orar, e chegando lá se afastou um pouco e pondo-se de joelhos, começou a orar, e começando a angustiar-se na alma, orava com intensidade, dizendo: Pai, passe de mim este cálice, (V42) na sua condição humana, o desejo de Jesus, era que aquele momento não acontecesse com Ele, então Ele orava para que passasse dele aquele momento, a sua angustia foi aumentando grandiosamente, até que os seus poros se delataram e passou a suar sangue, diz a ciência que quando nossa angustia é mui grande, os nossos poros se delatam e passamos a suar sangue, (algumas pessoas falam que isto as vezes ocorrem com algumas pessoas no corredor da morte, porém não é muito comum), e o Senhor, talvez, buscando algum conforto, Ele veio até os seus discípulos, e achou-os dormindo(V45), Ele na condição humana precisava de alguém para dividir as lutas, mas não achou, estavam dormindo, muitas vezes nos acontecem isto, há momentos que nossos amigos não podem nos ajudar, nossos pais não podem nos ajudar, nossos cônjuges não podem nos ajudar, e neste momento, só existe um, “o Senhor Deus”, e o Senhor Jesus experimentou isto, nem Pedro, Tiago e João, que eram mais íntimos dele, não puderam fazer nada para o confortarem, talvez o Senhor queria ouvir tão somente uma palavra de animo, um abraço de um amigo, dizendo, “Senhor, eu estou contigo nesta luta”, mas não, ninguém, parecia que o Senhor Jesus estava só, abandonado, por três vezes, Ele veio até os discípulos, mas estavam dormindo, então, Ele foi até Aquele que pode todas as coisas, Aquele que pode nos dar o conforto que precisamos, Aquele que nunca nos abandona, aleluias Ele voltou aos pés do Pai de amor, “Pai, passe de mim este cálice, todavia não faça a minha vontade, mas a Tua” (V42) o senhor Jesus, com isto, entregou-se por inteiro nas mãos do Pai, Ele sabia que o Pai tem um plano em todas as coisas, e que nada acontece sem que Deus não tenha algum propósito, Jó certa vez disse “bem sei que tudo pode, e nem um dos teus planos podem ser frustrados” (Jó 42:2) Jesus sabia que Ele tinha que passar por aquele momento, e então se rendeu aos pés do Pai, é assim em nossas vidas, Deus tem um propósito, talvez você esteja se questionando o porque de tantas dificuldades em tua vida, mas eu digo no nome de Jesus, que “Deus tem um propósito” tão somente espera nEle, confia amados no Senhor, não deixe se esmorecer na caminhada, Deus é contigo, Ele está do teu lado, ainda que você não perceba. Faça como o Senhor Jesus, renda-se aos pés do Pai, Então quando o Senhor orou dizendo “não faça a minha vontade, mas a tua, Deus agiu, Ele enviou um anjo que o confortava (V 43), quando o Senhor não passa o cálice, certamente Ele envia um conforto, para que nós não venhamos a vacilar na fé, “um anjo o confortava”, que bom saber que temos um Deus que nos conforta amados em Cristo! Isaias disse que Ele é o Deus que trabalha para aquele que nEle espera, e o Senhor Jesus passou a esperar nas providencias de Deus.

O conforto de Deus foi tão grande que Ele orou por seus algozes, quando estava na cruz, E aquele Jesus, humilhado no Monte das Oliveiras, agora é exaltado por Deus.

7 Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; 8 E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. 9 Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; 10 Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,11 e toda a língua confessem que Jesus Cristo é o SENHOR, para glória de Deus Pai.

(Fil 2:7, 11), os humilhados serão exaltados diz o Senhor, talvez você esteja passando uma situação semelhante a do Senhor Jesus, humilhe-se diante do Senhor, confia nos planos do Senhor, Ele tem o melhor para você.

Depois do Senhor ressuscitado, Ele aparece aos discípulos, Ele bradou e disse: todo o poder me foi dado, nos céus e na terra (Mt 28:18) graças aquele momento no Monte das Oliveiras, agora Ele é exaltado por Deus.

Qual é a tua situação? O que tem te afligido? Eu quero te dizer que há um Deus que quer mudar a tua historia, talvez, não seja plano de Deus passar o teu cálice, mas Ele pode te dar um conforto para que tu possas passar por esta dificuldade Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar (1ª Co 10:13). Suba ao Monte das Oliveiras, lá há conforto para você, suba à presença de Deus meu amado, Ele quer ouvir o teu choro, Ele quer enviar um anjo para te confortar, e eu sei que um dia você vai bater no peito e bradar que você venceu em Cristo Jesus, mas. É necessário passar pelo Monte das Oliveiras, que é o lugar de humilhação, e também lugar de conforto do Espírito Santo. Eu sei em quem tenho crido, e sei que você cantará o hino da Vitória.


Que Deus te abençoe em Nome de Jesus.

Carlos Albertorcairbeiro@oi.com.br
IgreJA Missionária Evangélica MaranataRJ

quinta-feira, fevereiro 16, 2006

Honra para quem honra!




A paz !Este que estão ai são: de azul é o irmão Silvio e o de preto é o PAstor Isac de Souza, Pastor Presidente da Igreja Batista Nova Vida a qual eu congrego, a foto foi tirada em um dos estudios da TV palavra canal 24 UHF. O Pastor Isac tem no seu curriculun Pastoral várias cruzadas evangelistica realizadas em territórios nacionais e internacionais. Ele é um grande homem de Deus, tem uma grande visão evangelistica e a Igreja o apoia porque todos estão no mesmo Espirito, cumprir o mandado do Sehor Jesus.(Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Mt. 28:19)( Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.Mc. 16:15-16)

Reflexão:O convite de Jesus
Espiritualmente falando, o Senhor Jesus estava explicando que Ele é uma fonte da qual sai uma água e quem a bebe, tem vida. Essa água simboliza o Espírito Santo, que por sua vez, é o próprio Deus. No entanto, só pode beber dessa água quem tem sede, ou seja, deseja ardentemente bebê-la e, por isso, busca a fonte. E esse tem sido o problema de muitos que há anos estão na igreja: eles têm buscado a Jesus porque têm sede de outras coisas e não do Seu Espírito. Davi era apenas um garoto, quando Samuel ungiu sua cabeça com óleo. Mas, naquele momento, o Espírito Santo entrou em Davi e lhe deu condições, capacidade para vencer o urso e o leão que ameaçavam devorar seu rebanho de ovelhas. Depois veio o gigante Golias. Havia uma multidão de homens armados, com experiência em guerra, que também criam em Deus, mas que tiveram medo e fugiram de Golias. É o que acontece hoje com algumas pessoas: elas acreditam em Deus, mas não têm o seu Espírito. Por isso, diante dos problemas sentem-se fracas e acabam vencidas por eles. Entretanto, quando a pessoa é batizada com o Espírito Santo, ela crê no impossível. Por isso, Davi venceu Golias! Mesmo sendo franzino e estando sozinho, ele enfrentou e venceu aquele gigante por causa da força que estava no seu interior, ou seja, o Espírito do próprio Deus. Esse Espírito que veio sobre Davi e que ungiu o Senhor Jesus, amigo leitor, também quer habitar dentro de você. E a condição para que isso aconteça é que você creia na Palavra de Deus. Quer dizer, quando você deixa de acreditar em homens, objetos ou qualquer outra coisa para crer somente em Jesus Cristo, fazendo dele o seu Senhor, então, está crendo “como diz a Escritura” e, por isso, tem o direito de receber o seu Santo Espírito. Amigo leitor, é preciso compreender que estamos numa guerra, na qual vence quem for mais forte. E, do ponto de vista espiritual, o mais forte não é o que freqüenta a igreja, diz ter fé em Deus ou sustenta o título de evangélico. Fortes são os que colocam em prática o que está escrito na Palavra de Deus. Pense nisso!


Editado por:
Bispo Romualdo Panceiro

quarta-feira, fevereiro 15, 2006

Igreja Batista Nova Vida na TV!


"Aprouve a Deus salvar os que crêem pela loucura da pregação" (1 Coríntios 1:21). "Como porém, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos são os pés dos que anunciam cousas boas! Mas, nem todos obedeceram ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem acreditou na nossa pregação? E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo. Mas pergunto: Porventura, não ouviram? Sim, por certo: Por toda a terra se fez ouvir a sua voz, e as suas palavras, até aos confins do mundo" (Romanos 10:14-18). No primeiro século, a fé e a esperança que o evangelho traz foram pregadas pelos discípulos de Cristo a toda criatura debaixo do céu (Colossenses 1:23).O desejo de Deus era e é que "todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade" (1 Timóteo 2:4). Todos devem ouvir a mensagem que o Pai deixou e aprendê-la antes de serem capazes de aproximar do Pai por meio do Filho (João 6:45).

A igreja Batista Nova Vida estreou no dia 10/02/2006,canal 24 UHF Rede Palavra, um programa de evangelismo com o Pastor Isac de Souza.
O programa é totalmente voltado para as pessoas que ainda não tiveram um encontro real com Deus.
Como testemunhou o Pastor Isac que um tempo atrás tinha um espaço de 1 minuto na TV Mulher, por motivo administrativo da emissora foi solicitado o término do seu programa de 1 minuto que lhe permitia falar 45 palavras, e neste minímo de tempo o Senhor Deus todo poderoso usava o Pastor tremendamente.
Na saida dele desta emissora o Senhor falou ao coração do Pastor Isac que iria preparar um progra de TV, para ele levar o Evangelho a muitas criaturas sedenta, oprimidas, angustiada...
Então o Pastor Isac tão somente creu no que o Senhor ministrava no coração dele naquele momento e esperou no senhor(Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração.
Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará. Salmo. 37 : 4-5) desta maneira o Pastor aguardou até que Deus muito fiel e cumpridor da sua palavra assim o concedeu o programa.
Agora todas sextas-feira as 18:40 o Pastor estára ministrando a palavra de Deus, levando o Evangelho de Jesus até você e seus entes queridos, amigos, vizinhos. Não deixe de assistir você também será ricamente abençoado(a).
Orem por nós porque eu creio que grandes coisas Jesus ainda fará no meio do povo que o teme.

Deus abençoe a cada um que passar por este flog.

E publique comentários.

segunda-feira, fevereiro 13, 2006

OS SALVOS NÃO TEME A MORTE!

PARA SEREM POUPADOS DO MAL. – AQUELES QUE ANDAM RETAMENTE ENTRARÃO NA PAZ; ACHARÃO DESCANSO NA MORTE. Isaías 57.1,2 (nvi)

E AQUELES QUE BUSCARÃO A SALVAÇÃO E A ENCONTRAREM RECEBERÃO DA PARTE DE DEUS:As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.Porque Deus no-las revelou pelo seu Espírito; pois o Espírito esquadrinha todas as coisas, mesmos as profundezas de Deus.1 COR. 2:9.





PERECE O JUSTO. Os crentes fiéis estavam sendo maltratados pelos líderes cruéis e corruptos de Judá, e estavam perecendo (cf 2 Rs 21.16). Esses mártires, porém, pela sua morte, escaparam dos horrores terríveis do julgamento divino que dentro em breve viriam sobre os judeus.



A exemplo dos judeus fiéis, que estavam sendo maltratados por seus lideres; hoje, muitos crentes fiéis a Jesus, têm suportado muitas aflições, perseguições, calúnias, sofrimentos e angústias, por estar andando de acordo com os padrões de Deus. Assim como naquele tempo, muitos não entendiam porque Deus recolhia para Si homens piedosos e justos. Hoje também presenciamos o mesmo quadro, quando através da morte física, Deus leva para estar junto dEle, crentes altamente compromissados com Jesus. É muito comum ouvirmos expressões como: Mas era um crente tão fiel! Porque Deus permitiu que viesse a morrer? Tão jovem ainda, que pena!



Quantas vezes, por sermos fiéis a Jesus, passamos por perseguições no ambiente de trabalho. Não é incomum, uma pessoa ser desprezada pela própria família, quando recebe Jesus como Senhor e Salvador da sua vida. Como é duro e difícil um jovem suportar toda a pressão que encontra no ambiente escolar. Quantas vezes vem à discriminação, por não andarmos segundo o padrão do mundo. Como é árduo, nos portar com integridade, fugir da corrupção, e sermos chamados de “burros”. Muitos acham, que temos que levar “vantagem” também. Aqui, estamos sujeitos a doenças, acidentes, dívidas, tristezas em família, e inúmeras outras situações, que nos leva à aflição. Muitas pessoas tem tido grande sofrimento por defenderem sua fé, e Deus toma a decisão: “Vou recolher para mim”.



Não temos que ter medo de enfrentar a morte. Temos sim, que estar preparados para o grande encontro com nosso Deus. Quando o Senhor tomar a decisão de nos levar para junto dEle, devemos encarar a morte como um inimigo por nós vencido. O nosso espírito estará para sempre com o Senhor. Não mais teremos: perseguições, desprezos, dores, lágrimas, angústias, ciúmes, doenças e tantas outras coisas ruins, que são próprias desse mundo.



Nos céus, onde habitaremos eternamente, teremos: alegria, cantos maviosos de louvor a Deus, desfrutaremos para sempre da companhia de Jesus Cristo. Enfim, coisas inefáveis nos aguardam. Ande retamente diante de Deus e dos homens. Quando Deus quiser lhe dar o escape dessa vida, não resista!

sexta-feira, fevereiro 10, 2006

SER CRISTÃO É SER SERVO


1 Pedro 4:10 “Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus”.

Somos muito diferentes. Somos um complexo de habilidades e experiências. Deus nos fez absolutamente únicos. Possuímos, não só aparências diferentes (ou impressões digitais, DNA), mas também temperamentos diferentes, passamos por problemas diferentes, vivemos experiências diferentes, somos criados de formas diferentes, nascemos com habilidades diferentes, e ao longo de nossa vida descobrimos e desenvolvemos novas habilidades.Todas as experiências pelas quais passamos, todas as nossas lutas e as nossas diferenças são para honra e glória do Senhor. Possuímos tais diferenças para alcançar tipos diferentes de pessoas para Jesus, para compartilharmos com os irmãos, crescermos juntos e para servirmos, cada um na sua área.Porém, muitas vezes acabamos negligenciando essas diferenças, nossas habilidades, esquecendo o seu real propósito: servir a Deus. Devemos servir a Deus, pois:1) Nós fomos criados para servir a Deus. Salmos 139.16. Fomos colocados na Terra para contribuir. Deus não nos criou para ocuparmos espaço ou para simplesmente consumirmos recursos, comendo bebendo e respirando. Deus nos colocou na Terra para servirmos, e é nisso que se nossas vidas encontram propósito. Todas as lutas, os sofrimentos, as alegrias que passamos, já estavam determinadas desde antes do nosso nascimento, o dia de hoje já estava determinado, tudo para o único propósito: servirmos ao Senhor. Jeremias 1:5 O que Deus falou a Jeremias serve para nós também. Antes mesmo do nosso nascimento já havíamos sido escolhidos pelo Senhor dos Exércitos para sermos seus servos. Deus planejou todos os nossos dias, desde o mais triste ao mais alegre. Nele todas as coisas encontram propósito. E é por isso que quando servimos a Deus temos o antigo vazio preenchido pelo amor de Deus, pois estamos sendo úteis na sua obra. Não estamos na terra por acaso, estamos porque fomos criados pelo Senhor Deus Todo Poderoso, para trabalharmos para o seu reino.2) Nós fomos salvos para servir a Deus. 2 Timóteo 1.9 Não servimos a Deus por medo, culpa ou obrigação, mas servimos pela alegria e profunda gratidão pelo que Ele fez por nós. Nós Lhe devemos a vida. Pela salvação, nosso passado foi perdoado, nosso presente faz sentido e nosso futuro é seguro. Isso é fantástico! Nós fomos salvos para servir, e não para ficarmos sentados esperando o céu. Você já se perguntou porque Deus ao invés de nos levar para o céu, após sermos salvos, nos deixou aqui nesse mundo decadente? Ele nos deixa aqui para cumprirmos os Seus propósitos. Uma vez que estamos salvos, nos alistamos no exército de Cristo.3) Nós fomos chamados para servir a Deus. 1 Pedro 2.9 Quando fomos chamados para ser salvos, também fomos chamados para servir. Deus nos separou como nação santa, raça eleita, sacerdócio real, e não foi por acaso, fomos separados recebendo tais bênçãos a fim de proclamar as diferenças que ocorreram nas nossas vidas. 1 Coríntios 12.27 Uma das razões por estarmos vinculados à igreja é o cumprimento do nosso chamado para servir. Por esse motivo devemos nos envolver em ministérios. Ministério é sinônimo de serviço, assim como ministro é sinônimo de servo. Portanto, se queremos servir, uma maneira importante é envolver-nos em nossa igreja, utilizando os nossos dons, as nossas qualidades, para trabalharmos com o que Deus nos deu. Ressaltando, é claro, que não é porque uma pessoa não tem um “cargo” na igreja, que devemos dizer que ela não é serva. Até porque, o nosso maior ministério está fora da igreja. É lá fora que estão milhões de pessoas caminhando rumo ao inferno. Devemos estar disponíveis, sempre atentos ao chamado do Senhor.4) A ordem é servir a Deus. Mateus 20.27-28Concluindo: Muitas vezes deixamos de servir ao nosso Deus por medo, insegurança ou outros problemas que criamos em nós mesmos. Ao invés de fixarmos nossos olhos em Deus, confiando que Ele nos deu qualidades para usarmos na Sua obra, nos escondemos, inventando desculpas, e somos vítimas da nossa insegurança. Se você acha que você não pode servir por que tem defeitos, ouça essa resumida relação: Abraão era velho, Jacó era inseguro, José foi maltratado, Moisés gaguejava, Davi teve uma amante e todo tipo de problema familiar, Gideão era pobre, Jeremias era depressivo, Pedro era impulsivo e temperamental, Tomé tinha dúvidas, Paulo tinha saúde fraca, Jonas era relutante, João Batista era no mínimo excêntrico, Zaqueu era indesejado e Timóteo era tímido. E Deus usou a cada um deles, assim como vai nos usar, se pararmos de dar desculpas.Quando desejamos algo, pedimos a Deus incessantemente. Da mesma maneira, vamos pedir ao nosso Deus que encha o nosso coração de vontade de sermos usados, vamos pedir a Deus para implantar no nosso coração vontade de servir e amor pela Sua obra.


Gustavo Fagundes
Batista Shalom / Liderança dos Jovens -Birigui - SP

quinta-feira, fevereiro 09, 2006

O TABERNÁCULO


Tenda provisória, onde o Senhor falava a seu povo, Ex 33.7-10. Construção portátil, em forma de tenda, que Deus ordenou a Moisés fizesse para servir de sua morada no meio do povo de Israel, Ex 25.8,9, donde lhe veio o nome de habitação, Ex 25.9; 26.1, lugar onde Jeová falava a seu povo, Ex 41.34,35, onde se achavam depositadas as tábuas da lei ou o testemunho, “o tabernáculo do testemunho”, Ex 38.21; cp. 25.21,22; Nm 9.15, também denominado “casa do Senhor”, Ex 34.26; Js 6.24. Os materiais para construção do tabernáculo foram adquiridos ali mesmo em larga quantidade. As madeiras vieram das florestas do deserto. Deram os homens e as mulheres os braceletes, as arrecadas, os anéis e os ornatos dos braços; todos os vasos de ouro foram postos à parte para donativos do Senhor. Se algum tinha Jacinto, púrpura e escarlata, linho fino e pelos de cabra, peles de carneiro, metais de prata e de cobre, paus de cetim para vários usos, tudo ofereceram ao Senhor. Os príncipes ofereceram pedras cornelinas e pedras preciosas para o éfode, Ex 35.21-29. O largo dispêndio de metais preciosos para uma construção temporária ficou plenamente justificado, uma vez que todos os materiais tinham de ser aproveitados, quando se procedesse à construção permanente.
O Senhor dá a Moisés as instruções minuciosamente para a edificação do tabernáculo, a começar pela arca, que era o ponto central para o encontro de Jeová com o seu povo, Ex 25.22.
I. Feições essenciais e permanentes: a arca, a mesa dos pães da proposição e o candeeiro de ouro, Ex 25.10-40, símbolo de cousas celestiais, Hb 9.23. Seguem-se os pormenores, Ex 26.1-37; para o altar dos sacrifícios, Ex 27.1-8; para a localização do átrio, Ex 27.9-19. O candeeiro deveria ser alimentado com azeite puro de oliveira para conservá-lo sempre aceso, Ex 27.20,21. O cap. 25.30 de Êxodo fala sobre os pães da proposição que deveriam estar sempre na presença de Deus. II. Aproximação a Deus, por mediação do sacerdócio. Sua instituição, Ex 28.1; suas vestes, Ex 28.2-43, modo de sua consagração, Ex 29.1-36. Depois de criada a ordem sacerdotal, vêm as especificações referentes ao altar, Ex 29.37, e ao sacrifício perpétuo, Ex 29.38-42. III. Passa em seguida para o altar dos incensos, Ex 30.1-10, simbolizando a adoração que o povo santificado oferece a seu Deus. Somente neste lugar é que se fala do altar dos perfumes em separado dos demais objetos que ornavam o tabernáculo. Deveria ocupar logicamente o ponto em que o povo oferecia as suas adorações ao Senhor. Em outros lugares, figura ele em conjunto com as outras peças na ordem seguinte: a arca, a mesa, o candeeiro, o altar dos incensos e o altar dos sacrifícios, como se diz em relação a estes objetos, Ex 37.25-28, na enumeração de todas as peças, Ex 39.38. nas instruções sobre a maneira de levantar o tabernáculo, Ex 40.5, e na história final de sua elevação. IV. Provisões para as necessidades do culto: A contribuição de meio siclo preço do resgate de cada pessoa, Ex 30.11-16, a bacia de bronze, Ex 30.17-21 as santas unções de óleo, Ex 30.22-33, e o incenso, Ex 30.34-38.
O tabernáculo formava um paralelogramo de 18 m de comprimento por 6 m de largo, com entrada pelo lado do oriente. A parte traseira e os dois lados eram feitos com 48 tábuas, 20 de cada lado e 8 nos fundos, das quais, duas formavam os ângulos, todas cobertas de ouro. As tábuas apoiavam-se em bases de prata duas em cada tábua, ligadas entre si por barrotes de pau de cetim; cinco para conterem as tábuas a um lado do tabernáculo outros cinco para o outro lado, e cinco para o lado ocidental, presos a argolas de ouro, Ex 26.15-30. Toda a frente servia de entrada, onde se erguiam cinco colunas de pau de cetim douradas, cujos capitéis eram de ouro e as bases de bronze, de onde pendia um véu de jacinto e de púrpura. O interior dividia-se em duas secções, separadas por uma cortina suspensa de quatro colunas douradas, com capitéis de ouro e bases de prata, Ex 26.32,37. Os dois compartimentos ficavam na parte ocidental, onde se achava o santo dos santos e o santuário, ou lugar santo, Ex 26.16. Havia quatro cortinas: I. A coberta e os lados tinham uma cortina de linho retorcido de cor de jacinto, de púrpura e de escarlata com querubins. Esta cortina era feita em dez pedaços, cinco pedaços eram enlaçados uns com os outros, e os outros cinco se uniam do mesmo modo, de sorte que formavam duas peças que se prendiam entre si. Uma formava a coberta e três lados do santo dos santos, e a outra, a coberta e outros dois lados do santuário. II. A principal coberta externa do Tabernáculo, era de pelos de cabra e consistia de onze cobertas estreitas. Estas onze cobertas se ajuntavam umas às outras, formando duas secções: uma com cinco, e outra com seis, A parte formada pelas cinco cobria o teto e três lados do santo dos santos; a mais larga cobria o teto e os lados do santuário. III. A terceira coberta era de peles de carneiro, tintas de vermelho. IV. À entrada do santuário pendia um véu e outro em frente do santo dos santos. Cada um deles era de cor de jacinto, de púrpura e de escarlata, e de linho fino retorcido, com lavores de bordados, com figuras de querubins, para indicar que ninguém se poderia aproximar da presença de Jeová.
O tabernáculo ocupava um átrio retangular de 100 côvados de comprimento na direção de leste a oeste, e de 50 de largura de norte para sul, cercado por vinte colunas de cada lado com outras tantas bases de bronze e capitéis de prata, cada uma separada da outra, 5 côvados, com cortinas de linho retorcido. Na entrada do átrio havia uma coberta de vinte côvados, de jacinto, de púrpura, de escarlata tinta duas vezes, e de linho fino retorcido, com quatro colunas e outras tantas bases, Ex 27.9-18. O tabernáculo ocupava a metade da parte ocidental do átrio; o mar de bronze e o altar dos sacrifícios ficavam na outra metade para o lado do oriente sem coberta alguma A arca era o ponto de convergência de todo o cerimonial e ocupava o santo dos santos. No santuário, bem defronte do véu que o separava do santo dos santos, erguia-se o altar dos incensos, que, não obstante, também pertencia ao oráculo, 1Rs 6.22; Hb 9.3,4. Neste mesmo apartamento estava a mesa dos pães da proposição ao lado direito, e ao lado esquerdo, o candeeiro de ouro. Fora do átrio, estava o mar de bronze e o altar dos sacrifícios. A dedicação do tabernáculo fez-se no primeiro dia do segundo ano depois que os israelitas saíram do Egito. Durante o dia, cobria-o uma nuvem, e durante a noite, pairava sobre ele uma coluna de fogo, enquanto durou a viagem pelo deserto. Quando se levantava acampamento, os levitas se encarregavam de desmontar o tabernáculo e de novo o levantarem em outro lugar, Ex caps. 26; 27.9-19; 35.4-36; 38; 40.1-38. Enquanto durou a conquista de Canaã, a arca permaneceu no campo em Gilgal. Depois de se estabelecerem na terra prometida, Josué levantou o tabernáculo em Silo, onde permaneceu em todo o tempo dos juizes, Js 18.1. Parece que em torno do santuário havia dependências destinadas aos sacerdotes e à guarda das ofertas que o povo fazia ao Senhor, 1Sm 3.3; cp. acampamento dos levitas em torno dele, Nm 3.23,29,35. Estas dependências com certeza Eram protegidas de modo diverso, por que era o tabernáculo. Fala-se em tendas, 2Sm 7.6, em porta do tabernáculo do testemunho, Js 19.51; 1Sm 2.22, em habitação de Jeová, Js 22.19,29; Jz 19.18; 1Sm 1.7,24; 3.15. Quando os filisteus tomaram a arca, o tabernáculo perdeu toda a sua glória e todo o seu valor, Sl 78.60. No reinado de Saul a arca esteve em Nobe, 1Sm 21.1.
No reinado de Davi e no de Salomão, até à construção do templo, o tabernáculo estava num alto que havia em Gabaom, 1Cr 16.39; 21.29. Depois que Salomão edificou o templo, segundo o modelo do tabernáculo, porém em mais largas proporções, tudo que havia no tabernáculo foi transferido pra ele. 1Rs 8.4; 2Cr 5.5
Fonte: Dic. Da Bíblia John Davis

quarta-feira, fevereiro 08, 2006

O FUTURO PREDITO!(PARTE 4)


Fé para encarar o Futuro

Estamos vivendo em dias no mínimo emocionantes, e no limiar de mudanças globais!
Perceber que as profecias dadas há milhares de anos predizem com exatidão as condições do mundo atual deveria encorajar a sua fé de várias maneiras. Em primeiro lugar, é reconfortante saber que Deus não só tem o poder de prever o futuro, mas que Ele Se importa conosco o suficiente para nos dizer de antemão o que vai acontecer. Como Jesus disse: "Eu vos disse agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós acrediteis" (João 14:29).
Do mesmo modo, quando perceber que o atual estado do mundo foi predito tão especificamente, é lógico que as profecias que ainda não se cumpriram também irão se cumprir. Surgirá um governo mundial com um líder desumano e um sistema de crédito obrigatório. Aqueles que se recusarem a colaborar com o regime do Anticristo serão perseguidos. Mas, logo depois, Deus intervirá, quando Jesus então voltar para resgatar o Seu povo, derrotar as forças do mal e estabelecer o Seu Reino de amor na Terra.

Não precisa temer

Você não deve ficar com medo, confuso nem sem saber o que está acontecendo quando esses acontecimentos assombrosos do tempo do fim começarem a acontecer. Apesar de Jesus ter-nos avisado de que nos últimos dias "homens desmaiarão de terror, na expectativa das coisas que sobrevirão ao mundo" (Lucas 21:26), Ele também disse que aqueles que O conhecem e O amam, poderão encarar tudo isso de forma positiva e vitoriosa.
Ele deixou claro que quando ocorrerem os últimos sinais do fim, estará bem próxima a hora dEle voltar para resgatar o Seu povo. "Quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima! (Lucas 21:28). Talvez não gostemos do que estará acontecendo, e as coisas talvez fiquem bem ruins, mas pelo menos estaremos cientes do final feliz!
Se você tem fé em Deus e na Sua Palavra, e está vivendo perto dEle, mesmo que haja guerra, tumulto, confusão e caos lá fora, pode ter paz interior -- no seu coração -- através do Príncipe da Paz, Jesus Cristo.

A melhor preparação para o futuro

Você pode se preparar para o futuro -- e para toda a eternidade -- recebendo Jesus como seu Salvador. Ele o ama e estará com você, Ele o ajudará nos momentos difíceis que você passar.
A Bíblia nos diz que "Deus é amor" (IJoão 4:8). Ele é o Espírito de Amor em Pessoa, e Ele o ama e quer que você conheça, vivencie e se regale com o Seu amor. Mas Deus é tão grande, tão todo-poderoso, Ele está muito além do nosso finito entendimento humano. Por isso, mandou Jesus, o Seu Filho, ao mundo para nos mostrar o Seu amor e nos ajudar a entender como Ele, o Pai, é.
"Porque Deus amou o mundo [você e eu] de tal maneira que deu o Seu Filho [Jesus] unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça [não fique separado do amor de Deus], mas tenha a vida eterna" (João 3:16). Deus ama você tanto que deu Jesus para morrer no seu lugar, para receber o castigo que você merece pelo que fez de mal, para que você possa ter o Seu perdão e a Sua dádiva -- uma vida no Céu por toda a eternidade.
Se ainda não conhece Jesus, pode recebê-Lo agora mesmo e todas as coisas maravilhosas que Ele tem para lhe oferecer. Mesmo que tenha perguntas e dúvidas sobre Ele, Ele entende, e se você Lhe estender a mão, Ele Se manifestará na sua vida. Ele diz: "Eis que estou à porta [do seu coração], e bato, se alguém ouvir a Minha voz, e abrir a porta, Eu entrarei" (Apocalipse 3:20).
Você vai dar-Lhe uma chance? Ele está esperando por você. Apenas faça com sinceridade a seguinte simples oração:
Querido Jesus, peço-Lhe que entre em meu coração. Por favor, perdoe tudo de errado que já fiz e me dê a vida eterna que só Você pode dar. Ajude-me a amá-Lo e a dar o Seu amor e verdade aos outros. Amém.
Jesus disse: "Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância" (João 10:10). Receber Jesus não só lhe garante um futuro mais promissor, mas também um presente mais gratificante. Que a presença do Senhor preencha e abençoe a sua vida em todos os aspectos.

Fim(the end).

terça-feira, fevereiro 07, 2006

O FUTURO PREDITO! (PARTE 3)


As Boas Novas são Globalizadas
"E este Evangelho do Reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações. Então virá o fim". (Mateus 24:14)
Ao contrário do aumento de guerras, fome, pestes, terremotos, etc., Jesus disse que este sinal em particular não era apenas algo que indicaria "o princípio de dores", mas sim um sinal específico que indicaria quando o Fim -- a Segunda Vinda de Cristo -- estaria prestes a acontecer.
Segundo o Almanac of the Christian World45, hoje em dia existem cristãos e igrejas cristãs7 em todos os países do mundo. O Evangelho foi pregado a mais de 4 bilhões de pessoas nesses países. Mais de 50 milhões de Bíblias são distribuídas cada ano, bem como aproximadamente 80 milhões de exemplares do Novo Testamento. Imprime-se também quatro bilhões de exemplares de folhetos evangélicos por ano.
A Bíblia inteira, ou partes dela, está agora disponível a mais ou menos 98% da população do mundo, e já foi traduzida por inteiro ou em parte em umas 2.092 línguas.46
Ocorre também uma proliferação de livros cristãos, sendo que cada ano são impressos mais ou menos 3 bilhões por 1.500 impressoras e editoras. O Evangelho também é pregado através de 2.160 emissoras de rádio e televisão, e são transmitidos programas religiosos em muitos mais milhares de emissoras seculares.
Em toda a História, o Evangelho nunca foi pregado em todo o mundo a todas as nações como é hoje. -- Se não diretamente por missionários, sem dúvida está sendo pregado pelos meios modernos da rádio, televisão e pelas telecomunicações. Esta é uma profecia concludente feita por Jesus, mostrando que eu e você estamos vivendo hoje no tempo do fim!

CONTINUA...

segunda-feira, fevereiro 06, 2006

O FUTURO PREDITO! (PARTE 2)


Como no caso da guerra e da fome, a gravidade e a incidência de pestes, ou seja, epidemias, atualmente é alarmante.
Há menos de 20 anos, a profissão médica clamou a vitória sobre diversas bactérias e vírus mortais. Em 1979, William Stewart, o Diretor Nacional de Saúde nos EUA, declarou que era hora de "dar por encerradas as doenças infecciosas."
Já recentemente, em 1983, um livro médico declarava que as doenças infecciosas "eram mais facilmente evitadas e curadas" do que qualquer outro grupo de doenças.
Mas em vez de desaparecerem, os casos de doenças infecciosas aumentaram vertiginosamente na década de 90. O Dr. Sherwin Nuland, no seu best-seller How We Die, afirma com pesar que "o suposto triunfo da medicina sobre doenças infecciosas tornou-se uma ilusão."
Médicos agora advertem que o ressurgimento de variadas bactérias resistentes às drogas modernas poderá ser mais mortal do que a AIDS. A AP informa:
Peritos advertem que o surgimento de variedades de bactérias que não podem ser destruídas pelo arsenal contemporâneo de antibióticos poderá se tornar um problema para a saúde pública pior do que a AIDS.
Doenças consideradas vencidas, como tuberculose, pneumonia, meningite e infecções por estafilococos, estão se tornando incontroláveis. Bactérias comuns que causam de tudo, desde infecções de ouvido em criancinhas à pneumonia, poderão se tornar "super germes" resistentes à vancomicina e outras drogas.
Cientistas esperam "nada mais nada menos do que uma catástrofe médica", advertiu o Dr. Alexander Tomasz da Universidade Rockefeller na cidade de Nova Iorque em 1994, numa reunião da American Association for the Advancement of Science.
Antibióticos: o tiro que saiu pela culatra
Qual a razão desta súbita reaparição de doenças outrora consideradas em fase de extinção ou praticamente eliminadas? Ironicamente, os peritos afirmam que o responsável pelas novas variedades de super bactérias é o uso indiscriminado de medicamentos destinados a destruí-las.
Críticos reclamam de uma "abordagem B-52" entre alguns médicos que bombardeiam seus pacientes com uma porção de antibióticos para vários males, muitas vezes sem saberem ao certo qual é o problema da pessoa. Os peritos também suspeitam que o amplo uso de antibióticos em rações para animais contribui para a resistência às drogas.
Vírus assassinos
A comunidade médica agora avisa que as pestes bacterianas não só estão aumentando, mas que vírus assassinos como o da AIDS e da ébola também ocorrem com mais freqüência do que nunca.
Segundo os peritos, os vírus da AIDS e da ébola podem servir apenas para advertir que muitos outros vírus assassinos poderão subitamente se alastrar por entre a população humana, como resultado de mutação genética ou alterações sociais que favoreçam a doença.
"Nós provavelmente estamos vendo apenas a ponta do iceberg na questão do número de vírus que pode existir nos seres humanos", declarou o Dr. Morse, um perito em ébola. Richard Courtney, da Universidade do Estado da Pennsylvania, disse que recentemente as "doenças viróticas estão se tornando cada vez mais freqüentes, não menos."
A explosão da AIDS
A AIDS continua assolando o planeta, e os dados são alarmantes. A UNAIDS, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS, nas suas estimativas de final de ano em dezembro de 1996, declarou que 3 milhões e 100 mil pessoas foram infectadas com o HIV naquele ano. 1 milhão e meio de pessoas morreram de AIDS em 1996, aumentando o total de mortes relacionadas à AIDS para 6 milhões e 400 mil. Até a data, mais de 24 milhões de pessoas estão vivendo com HIV/AIDS, o que significa que muito mais do que 30 milhões de pessoas foram infectadas desde que a doença foi descoberta em 1981.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) informa que "ao redor do mundo mais de 6 mil pessoas são infectadas diariamente com o HIV, e que a epidemia aumenta. A transmissão heterossexual agora é responsável por mais ou menos 75% de todas as infecções de HIV." Christopher Powell, porta-voz da OMS, previu que o número de pessoas soropositivas chegará a 40 milhões até o ano 2.000.
À parte das pestes mencionadas acima, existe, é claro, o câncer, que é considerado não infeccioso. Cientistas estimam que 80 por cento dos cânceres são causados por fatores ambientais, tais como fumaça de cigarro (quer ingerida ativa ou passivamente) e a ingestão de químicos prejudiciais nos nossos alimentos modernos. Praticamente desconhecido por nossos ancestrais, hoje existe mais de 100 tipos de câncer que matam mais de 6 milhões de pessoas por ano. O aumento extraordinário do fatal câncer de pele, o melanoma, é atribuído à diminuição da camada de ozônio na Terra, que bloqueia grande parte dos raios ultravioletas do Sol.
Jesus disse que o tempo que precederia a Sua volta seria marcado por uma grande quantidade de epidemias e doenças. Mesmo que essas coisas se tornem cada vez maiores nos dias por vir, a Bíblia também nos diz que Deus pode proteger e até mesmo curar aqueles que confiarem nEle. "Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. … Mas para vós, que temeis o Meu nome, nascerá o sol da justiça, trazendo salvação debaixo das Suas asas" (Salmo 91:10; Malaquias 4:2).

CONTINUA...

sexta-feira, fevereiro 03, 2006

O FUTURO PREDITO! (PARTE 1)


Antigas Profecias Estão Agora Sendo Cumpridas

Ao Ingressarmos no novo milênio, a maioria de nós não pode deixar de se perguntar o que será que o futuro reserva, tanto para nós como para o nosso planeta. Acaso estaremos no limiar de uma corajosa Nova Ordem Mundial, que providenciará paz e abundância para todos? Ou estaremos à beira de uma catástrofe sem precedentes -- ou ambos?
Este livro oferece respostas que o prepararão para o que está por vir.
Um aspecto notável da descrição do mundo moderno nestas páginas é que grande parte deste texto foi escrito há milhares de anos. Vamos examinar previsões e profecias específicas feitas há dois ou três mil anos, que descrevem em detalhes condições e situações que ocorreram -- ou ocorrerão em breve -- durante esta nossa época.
Dentre as profecias que examinaremos estão predições que descrevem os nossos velozes sistemas de transporte contemporâneos, o aumento sem precedentes de viagens no mundo, bem como a expansão do conhecimento em todas as áreas que hoje estamos vivendo. Outros avanços tecnológicos, tais como o banco eletrônico e um sistema de crédito global a ser implementado em breve, também foram preditos com uma exatidão excepcional.
Os efeitos do aquecimento global e o surgimento de doenças modernas fatais, como por exemplo a AIDS e o câncer, também foram profetizados.
Estar ciente das predições tratadas neste livro lhe dará uma perspectiva da transformação radical que o mundo está sofrendo, e o deixará preparado para as mudanças cataclísmicas por vir.
A Grande Pergunta:
Ao longo das eras, vários grandes mestres e videntes religiosos puderam ter uma visão especial do futuro. Um discurso, que muitos consideram o mais profundo e detalhado do gênero, foi feito há 2.000 anos numa colina nos arredores da antiga cidade de Jerusalém. Um pequeno grupo que buscava a verdade encontrava-se reunido com seu Mestre, um carpinteiro que virara pregador, conhecido apenas como Jesus de Nazaré. A pergunta que Lhe fizeram levou a uma resposta que transpôs os séculos, e focalizou os dias em que estamos vivendo:
"Estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a Ele os Seus discípulos, em particular, dizendo: 'Dize-nos que sinal haverá da Tua vinda e do fim do mundo.'" (Mateus 24:3)
Os Seus seguidores se referiam ao que é freqüentemente denominado de a Segunda Vinda, o regresso espetacular de Cristo para assumir o controle do mundo e estabelecer o Reino de Deus na Terra. O termo "o fim do mundo" não é usado aqui para significar o fim do planeta, mas sim o fim do atual domínio injusto e bárbaro do homem.
Jesus respondeu a essa pergunta não só com um sinal que mostraria quando "o fim" estaria próximo, mas deu também dezenas de sinais específicos que podíamos esperar. Predições impressionantes de vários outros escritores bíblicos ajudam a completar o quadro. É nesses "sinais" profetizados que vamos agora nos concentrar.
Respostas Ainda Maiores:
(Jesus fala:) "Ouvireis de guerras e rumores de guerras. … Levantar-se-á nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes, pestes e terremotos em vários lugares. Todas estas coisas, porém, são o princípio das dores." (Mateus 24:6-8)
Todos sabem que guerras, fomes, pragas e terremotos existem no mundo há milhares de anos. Entretanto, talvez fiquem surpresos de saber como a gravidade e a freqüência de todas essas coisas aumentou radicalmente nos últimos anos. Considere, por exemplo, a primeira parte desta passagem:

ESCRITO POR: MICHAEL ROY.

CONTINUA...

quarta-feira, fevereiro 01, 2006

NÓS NÃO TEMOS QUE TEMER O DIABO NEM NENHUM DOS SEUS ANJOS! JESUS ESTÁ CONOSCO!



Tal como o temor de Deus é o princípio da sabedoria e da vida (Pro.9:10), o temor de Satanás é o princípio da morte! Temer a Deus é uma forma de adorar a Deus. É dar-lhe o respeito que Ele merece. Mas temer o Inimigo, temer Satanás, é dar-lhe exatamente a adoração que ele quer. Na realidade, é adorar o Diabo! Portanto, não o faça, nem por um momento!

Nós não devemos temer os poderes de Satanás, e muito menos adorá-los, mas o que devemos fazer é resistir-lhes, repreendê-los, exorcizá-los e livrar-nos deles, reprová-los, expulsá-los e mandá-los embora! Você tem que lutar contra o medo da mesma maneira como tem que lutar contra o Diabo! Resista-lhe com fé e com a Palavra de Deus! "O Senhor não nos deu um espírito de temor, mas de poder, de amor e de uma mente sã." (2Tim.1:7). Fixe a sua fé em Deus e tema a Deus, e todos os outros medos desaparecerão!

"O mundo está cheio de demônios, querendo nos arruinar. Quis Deus, não tenhamos receio, a Verdade por nós triunfar. O príncipe ameaçador, dele não temos temor. Sua ira vamos superar, pois sua ruína vai chegar, só com uma palavrinha!" Jesus! O Senhor de todos!