sexta-feira, março 31, 2006

"Temos que fazer a diferença"

I tessalonicenses capítulo: 4 e 5 :1-11


1 Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus que, como aprendestes de nós de que maneira deveis andar e agradar a Deus, assim como estais fazendo, nisso mesmo abundeis cada vez mais.

2 Pois vós sabeis que preceitos vos temos dado pelo Senhor Jesus.

3 Porque esta é a vontade de Deus, a saber, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição,

4 que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade e honra,

5 não na paixão da concupiscência, como os gentios que não conhecem a Deus;

6 ninguém iluda ou defraude nisso a seu irmão, porque o Senhor é vingador de todas estas coisas, como também antes vo-lo dissemos e testificamos.

7 Porque Deus não nos chamou para a imundícia, mas para a santificação.

8 Portanto, quem rejeita isso não rejeita ao homem, mas sim a Deus, que vos dá o seu Espírito Santo.

9 Quanto, porém, ao amor fraternal, não necessitais de que se vos escreva, visto que vós mesmos sois instruídos por Deus a vos amardes uns aos outros;

10 porque certamente já o fazeis para com todos os irmãos que estão por toda a Macedônia. Exortamo-vos, porém, irmãos, a que ainda nisto abundeis cada vez mais,

11 e procureis viver quietos, tratar dos vossos próprios negócios, e trabalhar com vossas próprias mãos, como já vo-lo mandamos,

12 a fim de que andeis dignamente para com os que estão de fora, e não tenhais necessidade de coisa alguma.

13 Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais como os outros que não têm esperança.

14 Porque, se cremos que Jesus morreu e ressurgiu, assim também aos que dormem, Deus, mediante Jesus, os tornará a trazer juntamente com ele.

15 Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que já dormem.

16 Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.

17 Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor.

18 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.

Capítulo 05: 1-11

1 Mas, irmãos, acerca dos tempos e das épocas não necessitais de que se vos escreva:

2 porque vós mesmos sabeis perfeitamente que o dia do Senhor virá como vem o ladrão de noite;

3 pois quando estiverem dizendo: Paz e segurança! então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão.

4 Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que aquele dia, como ladrão, vos surpreenda;

5 porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas;

6 não durmamos, pois, como os demais, antes vigiemos e sejamos sóbrios.

7 Porque os que dormem, dormem de noite, e os que se embriagam, embriagam-se de noite;

8 mas nós, porque somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação;

9 porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançarmos a salvação por nosso Senhor Jesus Cristo,

10 que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele.

11 Pelo que exortai-vos uns aos outros e edificai-vos uns aos outros, como na verdade o estais fazendo.

terça-feira, março 28, 2006

"QUEBRANDO MALDIÇÕES PELA VISÃO DO ESPIRITO"


Texto: Isaías 42:22 e Hebreus 12:2

Introdução: A maneira como vemos as coisas pode modificar os resultados ou o destino. A visão transforma a vida – a mulher de Ló olhou para trás e transformou-se numa estátua de sal. O cristão precisa aprender a olhar para Jesus.

I – A visão de Deus(Êx 3:11 e 4:14)

- Moisés, ao ser chamado por Deus para ser o libertador dos hebreus, via como algo impossível:

1.Alegava indignidade, 3:11;
2.Falta de autoridade,3:13;
3.Temia a desconfiança do povo,4:1;
4.Dificuldade para falar, 4:10;
5.Timidez, 4:13.

- Deus mostrou-lhe que esta não era a forma certa de ver as coisas, observe as respostas em Êx 3:12, 14; 4:1, 11, 14.

II - Visão de conquista(Nm 13:25-33)

- Moisés enviou 12 homens para espiar a terra de Canaã, observe os relatórios:

1. Dez homens viram dificuldades, embaraços, ficaram com medo, sentiram-se inferiores, v.31-33;

2.Dois homens (Josué e Calebe) viram possibilidades, expressaram confiança, v.30.

III – Visão de Fé(2 Rs 6:15-17)-

Samaria estava cercada, mas não era motivo para pânico:

1.Geazi acordou e se assustou com o que via: perigo, inimigo e ameaça de morte, v.15;

2.Elizeu, homem de Deus, confiante, orou para que os olhos do moço fossem abertos (v.17a), a partir de então, o moço viu carros e cavalos de fogo ao redor (v.17b).]

IV – Visão de um poderoso conquistador(Ap 1:12-18)-

Em meio a uma situação constrangedora, veja que visão gloriosa João obteve:
1.Exilado na ilha de Patmos, João recebeu a mais linda visão que um ser humano já presenciou: viu Jesus glorificado;
2.Ele não viu um servo sofredor, mas um Salvador poderoso (v.17-18);
3.Você tem contemplado um Jesus morto, incapaz, sofredor, ou um Jesus vivo, exultante.
4.Dos dois ladrões que foram crucificados ao lado de Jesus o da esquerda viu um homem incapaz e se perdeu, o da direita viu um salvador poderoso e foi para o Paraíso.

V – Visão triunfal(At 7:54-60)]

- Estevão, o primeiro mártir do cristianismo, morreu sob uma condição humilhante, pois foi apedrejado, mas teve um final glorioso vendo a glória de Deus e os céus abertos (v.55-56).

Conclusão:

A visão domina a vida. Peça a Deus para abrir seus olhos espirituais.

Que Deus os Abençoe ricamente.

Mensagem do site www.centralgospel.com.br

quinta-feira, março 23, 2006

"RECONSTRUINDO A CASA"

Texto: Ageu 1 e 2.

Introdução:

A Palavra de Deus fala a respeito da dificuldade humana em entender e cumprir os propósitos de Deus: “O boi conhece o seu possuidor, e o jumento, o dono da sua manjedoura; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende” (Isaías 1:3 RA). Veja o lamento de Deus: “Ah! Se o meu povo me escutasse, se Israel andasse nos meus caminhos!” (Salmos 81:13 RA).

O livro de Ageu é um dos pequenos livros da Bíblia, mas que traz algo significativo: perder a noção da importância dos valores sagrados traz conseqüências terríveis. Ali o povo estava sofrendo porque estavam sem a bênção devido ao fato de buscarem apenas aquilo que achavam que era prioritário, sem buscar saber o que Deus queria de cada um deles.

Tese:

Quando temos que reconstruir a casa?

Transição:

Temos que reconstruir a casa ...

I. Quando há negligência as coisas sagradas, 1:4

“Acaso é tempo de vocês morarem em casas de fino acabamento, enquanto a minha casa continua destruída?”

Havia por parte das pessoas na época o zelo por aquilo que era particular - suas casas, mas revela o descaso com aquilo que era sagrado - o templo.

Hoje em dia as pessoas arrumam tempo para todas as coisas, mas dificultam e dão muitas desculpas para deixarem para segundo plano as coisas de Deus.

II. quando há consequências desastrosas, 1:6

"Vocês têm plantado muito, e colhido pouco. Vocês comem, mas não se fartam. Bebem, mas não se satisfazem. Vestem-se, mas não se aquecem. Aquele que recebe salário, recebe-o para colocá-lo numa bolsa furada”.

Vemos que a vida deles estava sem graça, pois tudo era anormal - semeavam muito e colhiam pouco; comiam, mas não se fartavam; bebiam, mas não se saciavam; o salário não rendia, era como que colocado num saco furado, desaparecia rápido. Os versos 9 a 11 mostram que tudo isso era conseqüência do pecado em negligenciar as coisas principais. Jesus disse aos seus servos que precisam buscar primeiro o Reino dos Céus e as demais coisas serão acrescentadas, Mt 6:33.

III. quando há oportunidade de reparação, 1:8

“Subam o monte para trazer madeira. Construam o templo a, para que eu me alegre e nele seja glorificado”, diz o SENHOR.

O que deveria ser feito: subi ao monte, trazei madeira e edificai a casa do Senhor, só assim Deus seria glorificado, caso contrário as nações vizinhas teriam motivo para zombar do Deus de Israel. Jesus disse à igreja de Éfeso que eles deveriam lembrar-se de onde haviam caído e deviam se arrepender e voltar a prática das primeiras obras, que eram feitas com amor.

IV. Assumindo a postura correta, 1:12

“Zorobabel, filho de Sealtiel, o sumo sacerdote Josué, filho de Jeozadaque, e todo o restante do povo obedeceram à voz do SENHOR, o seu Deus, por causa das palavras do profeta Ageu, a quem o SENHOR, o seu Deus, enviara. E o povo temeu o SENHOR”.

Diante das advertências divinas, vemos que Zorobabel, Josué e o povo tomaram consciência da necessidade de cumprir o propósito de Deus. Reconheceram que a Palavra de Deus estava vindo por intermédio do profeta Ageu, sentiram temor nos seus corações e se dispuseram a cumprir tudo o que o Senhor estava a dizer.

V. Unindo-se para a realização, 1:14; 2:3, 4 e 9

Não basta ter boa vontade ou reconhecer o que precisa ser feito, mas é necessário que se coloque mãos à obra. O Senhor "suscitou" o coração do governador, do sacerdote e do povo e estes se uniram para realizar a obra. No capítulo 2, verso 3, Deus fala a respeito de como a obra estava destruída e inferiorizada em relação ao que já havia sido: “Quem de vocês viu este templo em seu primeiro esplendor? Comparado a ele, não é como nada o que vocês vêem agora?”

Mas no verso 4 o Senhor pediu ao governador, ao sacerdote e ao povo que se esforçassem e Ele estaria com eles neste empenho: “Coragem, Zorobabel, declara o SENHOR. Coragem, sumo sacerdote Josué, filho de Jeozadaque. Coragem! Ao trabalho, ó povo da terra!, declara o SENHOR. Porque eu estou com vocês, declara o SENHOR dos Exércitos”.

No verso 9 o Senhor diz que a glória da casa que eles iriam construir seria maior do que já havia sido: “A glória deste novo templo será maior do que a do antigo”, diz o SENHOR dos Exércitos.

“E neste lugar estabelecerei a paz”, declara o SENHOR dos Exércitos”

Conclusão:

Em Atos 17:29-31, Deus declara algo de fundamental importância para cada um de nós: “Assim, visto que somos descendência de Deus, não devemos pensar que a Divindade é semelhante a uma escultura de ouro, prata ou pedra, feita pela arte e imaginação do homem. No passado Deus não levou em conta essa ignorância, mas agora ordena que todos, em todo lugar, se arrependam. Pois estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio do homem que designou. E deu provas disso a todos, ressuscitando-o dentre os mortos”. E quero complementar isso com as palavras de hebreus 2:2-3, “Porque, se a mensagem transmitida por anjos provou a sua firmeza, e toda transgressão e desobediência recebeu a devida punição, como escaparemos, se negligenciarmos tão grande salvação? Esta salvação, primeiramente anunciada pelo Senhor, foi-nos confirmada pelos que a ouviram”.Você deve decidir que valor dará às coisas de Deus, mas Ele é quem julgará o seu coração.

Que Deus o Abençoe.

quarta-feira, março 22, 2006

MISSÃO EM CASA.


A paz!
Este Sou eu em um dos estudios da tv Palavra, o qual nossa igreja tem um programa evangelistíco "Nova Vida na TV" que vai ao ar todas as sexta-feira as 18:40 no canal 24 UHF com a apresentação do pr. Isac de Souza (para a glória de Deus).

Vamos ao texto:Nosso tema de hoje é Missão em Casa. Por que Missão em casa?

Porque não adianta pensarmos em ser missionários em campo, em outras regiões do País ou do mundo se em nossa própria casa, com nossos filhos, não exercemos a função de levar a Palavra do Senhor.

Texto ? Marcos 16:15: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda a criatura.

Todos somos criaturas de Deus, antes de sermos considerados seus filhos, antes de conhecermos a Palavra de Salvação e entregarmos nossa vida a Jesus. E nossas crianças? Por que deixamos, muitas vezes, de considerar nossa própria casa e nossas crianças nesse ?Ide por todo o mundo e a toda criatura.

Texto : II Coríntios 5:17: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.Texto : João 1:12: Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome.Texto : 1 João 3:2: Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a Ele; porque assim como é o veremos.

Vocês já pararam para pensar que seus filhos estão no projeto de Deus para levar Sua Palavra a toda criatura também?
Vocês já pararam para pensar que seus filhos estão, muitas vezes, deixando de levar a Sua Palavra para os coleguinhas da escola, da vizinhança, os quais nunca ouviram a mensagem de salvação por seus pais, tios, avós, e que seus filhos não são treinados por vocês para isso?
Que eles muitas vezes podem até perder a oportunidade de ajudar seus amigos a encontrar o caminho da salvação?

Ide por todo o mundo, não quer só dizer ir para a Itália, Alemanha, França, Holanda, Inglaterra, que são países que precisam, e muito, do evangelho, que atraem por sua beleza natural, sua boa vida, ou para a África, Ásia, Oceania, onde o evangelho é mais difícil de ser pregado, mas aqui mesmo no Brasil, no Paraná, em Curitiba, em sua casa primeiramente.Você pai e você mãe têm a responsabilidade, perante Deus, de ser um exemplo para seus filhos; tem a responsabilidade, perante Deus, de levar os seus filhos para o caminho da salvação. Não é da igreja, do Pastor, do professor da ETM (Escola de Treinamento Missinário), mas sua a total responsabilidade de levar ao seu filho a Palavra de Deus.
Ensina o teu filho no caminho em que ele deve andar, pois quando ficar velho não se desviará dele.

Existem alguns princípios básicos e primordiais para que seu filho veja em vocês um exemplo para suas vidas:
a) Relacionamento amoroso e harmonioso entre o casal
b) Amizade
c) Sinceridade
d) Presteza
e) Alegria em estar juntos
f) Seriedade com a Palavra
g) Amor pela igreja
h) Amor pela Palavra
i) Orar juntos
j) Procurar ler a Palavra juntos, se possível(aos homens vai grande responsabilidade nesse ponto. O Sacerdócio no lar é primordial para que a Palavra seja levada aos seus filhos ,esforcem-se para isso)
k) Assumir o seu papel no lar, homem x mulher
l) Acompanhar os seus filhos no dia-a-dia (estudos, amizades, brincadeiras, ajuda).

Todos sabemos, que educar filhos não é fácil. Ao contrário, é muito difícil, mas é muito bom. Sabem por quê? Porque, aí, vocês poderão ver seus frutos, ver o desenvolvimento do caráter dos seus filhos, suas vitórias na vida, ver o compromisso deles com Deus e com a Palavra.

Jesus nos ensinou a pregar a liberdade aos cativos, aos oprimidos, a anunciar o evangelho, o reino dos céus, a salvação.

Não podemos ser omissos quanto aos nossos filhos. É muito bom vê-los irem à ETM, aos acampamentos. E depois? O que vocês fazem? Vocês se sentam com eles para saber o que aprenderam? Vocês se interessam por eles?

Digo isso para as mães e para os pais, principalmente. Os pais são a figura primordial na família. Eles não devem ser omissos, deixando que a mãe o faça sozinha, sob a alegação de que ela tem mais jeito com as crianças. Isso se chama omissão. São vocês, pais, quem vão responder perante Deus por sua família. Por sua esposa e filhos. Façam isso.

Gostaria de deixar, aqui, minha sugestão:Hoje, quando chegarem em casa, procurem se sentar com seus filhos e ver o que eles aprenderam na Igreja, no acampamento, na reunião em que estiveram. É a mesma coisa que pegar um pão quentinho na panificadora e tomar um bom café. Se você deixa para depois, não é a mesma coisa.

Que Deus os abençoe.

Paulo de Abreu Marcondes
Igreja Batista do Bacacheri - Curitiba/PRCuritiba/PR

segunda-feira, março 20, 2006

VAMOS DE ENCONTRO A BENÇÃO!


E Rute, a moabita, disse a Noemi: Deixa-me ir ao campo, e apanharei espigas atrás daquele em cujos olhos eu achar graça. E ela disse: Vai, minha filha.

Foi, pois, e chegou, e apanhava espigas no campo após os segadores; e caiu-lhe em sorte uma parte do campo de Boaz, que era da família de Elimeleque.

E sem duvida alguma uma passagem muito linda, e que nos da uma lição de determinação de uma mulher que teve uma experiência com Deus.

Quando Belém passava por uma fome muito grande um homem chamado: Elimeleque saiu para as terras de Moabe para tentar a sorte naquele lugar, porem as coisas não saíram como o planejado, e este homem veio a morrer e também seus dois filhos, ficando Noemi com suas noras, quando Noemi ouve falar que em Belém havia abundancia de pão, ela voltou com a sua nora Rute, mas as coisas não eram assim tão fáceis, durante dez anos ela viveu em outras terras e certamente perdeu todo os bens que possuía, eram só elas duas, ninguém para trabalhar, não havia homem na casa, as duas eram completamente dependente das misericórdias de Deus., certamente as duas oravam, Deus supria as necessidades, mas não eram o suficiente, faltava algo mais, muitas coisas eram privadas para elas, (eu já fiquei mais de um ano desempregado e sei o quanto é difícil), a vida dessas mulheres era: orar, chorar, buscar a Deus, etc... Com certeza tinham uma vida consagrada, talvez em algum momento, duvidavam das promessas de Deus, enfim, quando as coisas não vão bem para nós, somos bem comuns, nós duvidarmos das promessas de Deus.

(só que, quando Deus faz uma promessa, Ele não diz datas, Ele apenas faz a promessa, e nós devemos aguardar com paciência) até que um dia a Rute tomou uma decisão: saiu do lugar de oração, ou seja, não parou de orar, mas resolveu agir, há momentos em que Deus requer uma atitude de nós, e agora chegou à vez dela fazer algo para que as bênçãos de Deus alcançassem a sua vida, e você? Como está a tua vida? Será que você não está precisando tomar alguma atitude para mudar a tua situação? As vidas destas mulheres estavam um caos, não tinha solução para elas, desempregadas, sem maridos, sem filhos em idade de trabalho, era realmente um quadro desanimador, talvez quando a Rute levantou de manhã, se arrumou a sua sogra tenha ficado surpresa, afinal, para onde ia?

Então Noemi a pergunta: para onde vais? Disse-lhe Rute: Deixa-me ir ao campo, e apanharei espigas atrás daquele em cujos olhos eu achar graça. E ela disse: Vai, minha filha.(2:2) Algo já estava mudando, agora há perspectiva de melhora, então Rute saiu em busca de algo para fazer, não podia ficar parada, se ficasse em casa morria de fome, Deus a conduziu na propriedade de um homem temente a Deus “valente e poderoso” (1:3). É assim que Deus faz, Ele sempre nos leva ao lugar correto, e Boaz lhe tratou com muito carinho, ele dispensou um cuidado mui grande para com Rute, Depois disse Boaz a seu moço, que estava posto sobre os segadores: De quem é esta moça?E respondeu o moço, que estava posto sobre os segadores, e disse: Esta é a moça moabita que voltou com Noemi dos campos de Moabe.

Disse-me ela: Deixa-me colher espigas, e ajuntá-las entre as gavelas após os segadores. Assim ela veio, e desde pela manhã está aqui até agora, a não ser um pouco que esteve sentada em casa.

Então disse Boaz a Rute: Ouves, filha minha; não vás colher em outro campo, nem tão pouco passes daqui; porém aqui ficarás com as minhas moças.

Os teus olhos estarão atentos no campo que segarem, e irás após elas; dei ordem aos moços, que não te molestem? Tendo tu sede, vai aos vasos, e bebe do que os moços tirarem.

Então ela caiu sobre o seu rosto, e se inclinou a terra; e disse-lhe: Por que achei graça em teus olhos, para que faças caso de mim, sendo eu uma estrangeira?(2:5, 10).

Que cuidado de Deus! Ela era uma estrangeira sim, para Boaz: ela era moabita, mas ela era uma grande conhecida de Deus, aleluias! Era aquela mulher que vivia orando, aquela mulher que largou os seus deuses, sua parentela, sua cultura, para seguir a uma mulher que falou de um Deus Poderoso para ela, ela creu Neste Deus, agora Este mesmo Deus, estava providenciando uma benção mui grande para ela, que maravilha de Deus!

E, sendo já hora de comer, disse-lhe Boaz: Achega-te aqui, e come do pão, e molha o teu bocado no vinagre.
E ela se assentou ao lado dos segadores, e ele lhe deu do trigo tostado, e comeu, e se fartou, e ainda lhe sobejou.E, levantando-se ela a colher, Boaz deu ordem aos seus moços, dizendo: Até entre as gavelas deixai-a colher, e não a censureis (2:14, 15).

Deus já estava providenciando muito mais para ela, ela pensou em apanhar umas espigas para aquele dia, mas Deus já estava dando-lhe o almoço, a com abundancia.

Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, (Ef 3:20).

Mas isto ainda era pouco diante daquilo que Deus ia fazer, Deus já estava providenciando um casamento para Rute: Assim tomou Boaz a Rute, e ela lhe foi por mulher; e ele a possuiu, e o SENHOR lhe fez conceber, e deu à luz um filho (4:13) agora Rute não era uma qualquer, era alguém na sociedade, o quadro foi mudado, a fome já não reinava em sua vida, as pessoas da rua a cumprimentava, todos reconheciam as bênçãos do Senhor na vida destas mulheres.

Então as mulheres disseram a Noemi: Bendito seja o SENHOR, que não deixou hoje de te dar remidor, e seja o seu nome afamado em Israel.(4:14)

É assim com Deus, você ora: Ele responde, você ora e age: Ele multiplica e agiliza as bênçãos, e tudo que você pede em secreto, Ele responde publicamente para todos verem a Sua Gloria e darem glorias a Ele.

Este é o nosso Deus o Deus que nós servimos, faça como Rute: não fique apenas orando, tudo aquilo que você puder fazer, faça, Deus irá te abençoar, graças a uma atitude de Rute, o quadro foi mudado, e não foi somente isto, Deus a engrandeceu de tal modo, que ela veio a estar lá na genealogia de Jesus: E Salmom gerou, de Raabe, a Boaz; e Boaz gerou de Rute a Obede; e Obede gerou a Jessé;E Jessé gerou ao rei Davi; e o rei Davi gerou a Salomão da que foi mulher de Urias.(Mt 1: 5,6).
Agora em todo o lugar que falar de da genealogia de Jesus, se falará desta mulher, graças a uma atitude que ela tomou, talvez você esteja orando por uma situação a muito tempo e não há resposta, quem sabe você não precisa agir?

Quem sabe você não está precisando sair do quarto de oração e partir para uma decisão, Deus está querendo esta atitude nossa, a nossa igreja precisa de pessoas como Rute, que não se conforma só em ficar orando, pessoa que ora, mas que também age, quando o salmista disse que esperaria com paciência pelo Senhor (Sl 40:1) ele não disse que ficaria parado, ele buscava soluções, algo que ele podia fazer para mudar o quadro.

A bíblia fala de quatro leprosos que estavam isolados da cidade, e uma grande fome castigava a Israel, então eles chegaram em uma cidade inimiga e disseram: estamos com fome, vamos morrer de lepra, e se ficarmos aqui, morremos de fome, se entrarmos na cidade, o máximo que pode nos acontecer: é morrer, se deixar-nos ficar, ficaremos, se nos matar, tão somente morreremos, vamos entrar na cidade, eles entraram na cidade e Deus já havia providenciado para eles um grande banquete, e eles lembraram de sua cidade, eles disseram que não era certo comer e seus patrícios morrerem de fome, e vieram e deram a noticia e todos tiveram fartura de alimentos:

É Deus agindo quando nós tomamos uma atitude.

Eu quero com esta mensagem, encorajá-lo a agir, eu sei que é Deus que está falando com você.

O meu desejo é que Deus te abençoe no nome poderoso de Jesus.

quarta-feira, março 15, 2006

TENTAÇÃO DE JOSÉ DO EGITO!




DEUS HONRA ÀQUELES QUE LHE SÃO FIÉIS!

Os irmão de José dizia um ao outro: VEM LÁ O TAL SONHADOR! Vinde, pois, agora, matemo-lo e lancemo-lo numa destas cisternas; e diremos: Um animal selvagem o comeu; e vejamos em que lhe darão os sonhos. (Gênesis 37: 19-20)

Vinde, vendamo-lo aos ismaelitas; não ponhamos sobre ele a mão, pois é nosso irmão e nossa carne. SEUS IRMÃOS CONCORDARAM. (Gênesis 37:27)Comentário: Mesmo que dentro de nossa PRÓPRIA CASA, POR INVEJA, se levante uma conspiração contra nós...

José foi levado ao Egito, e Potifar, oficial de Faraó, comandante da guarda, egípcio, comprou-o dos ismaelitas que o tinham levado para lá. (Gênesis 39:1)
Comentário: Mesmo que não reconheçam o nosso valor; e nos discriminem; nos repudiem; nos rejeitem; nos afastem..., Deus não nos desampara.

O SENHOR era com José, que veio a ser homem próspero; e estava na casa de seu senhor egípcio. (Gênesis 39:2)Comentário: Se formos fiéis ao SENHOR. ELE será conosco...

Aconteceu, depois destas coisas, que a mulher de seu senhor pôs os olhos em José e lhe disse: Deita-te comigo.

Ele, porém, recusou e disse à mulher do seu senhor: Tem-me por mordomo o meu senhor e não sabe do que há em casa, pois tudo o que tem me passou ele às minhas mãos.

Ele não é maior do que eu nesta casa e nenhuma coisa me vedou, senão a ti, porque és sua mulher; como, pois, cometeria eu tamanha maldade e pecaria contra Deus? (Gênesis 39:7-9)

Comentário: E, se onde quer que nós andarmos, perseverarmos sendo fiéis ao SENHOR nosso Deus...

FALANDO ELA A JOSÉ TODOS OS DIAS, e não lhe dando ele ouvidos, para se deitar com ela e estar com ela, sucedeu que, certo dia, veio ele a casa, para atender aos negócios; e NINGUÉM DOS DE CASA SE ACHAVA PRESENTE.

Então, ela o pegou pelas vestes e lhe disse: Deita-te comigo; ele, porém, deixando as vestes nas mãos dela, saiu, fugindo para fora. (Gênesis 39:10-12)

Comentário: Se nós resistirmos as INSISTENTES TENTAÇÕES e siladas do diabo, mesmo que ele PREPARE O AMBIENTE para que pequemos...

E o senhor de José o tomou e o lançou no cárcere, no lugar onde os presos do rei estavam encarcerados; ali ficou ele na prisão. (Gênasis 39:20)

Comentário: E ainda que venhamos a sofrer injustiças e agravos...

O SENHOR, porém, era com José, e lhe foi benigno, e lhe deu mercê perante o carcereiro; o qual confiou às mãos de José todos os presos que estavam no cárcere; e ele fazia tudo quanto se devia fazer ali. E nenhum cuidado tinha o carcereiro de todas as coisas que estavam nas mãos de José, porquanto o SENHOR era com ele, e tudo o que ele fazia o SENHOR prosperava. (Gênesis 39:21-23)

Comentário: O SENHOR estará conosco; nos será benigno; nos fará justiça; nos porá em destaque e nos fará prosperar...contamos-lhe os nossos sonhos, e ele no-los interpretou, a cada um segundo o seu sonho. E como nos interpretou, assim mesmo se deu: (Gênesis 41:12b-13a)

Comentário: E O SENHOR nosso Deus nos capacitará...

Disse Faraó aos seus oficiais: Acharíamos, porventura, homem como este, em quem há o Espírito de Deus?

Depois, disse Faraó a José: Visto que Deus te fez saber tudo isto, ninguém há tão ajuizado e sábio como tu. (Gênesis 41:38-39)

Comentário: O SENHOR Deus fará que reconheçam nosso valor e todos saberão que ELE é conosco...Disse mais Faraó a José: Vês que te faço autoridade sobre toda a terra do Egito. (Gênesis 41: 41)

Comentário: O SENHOR nos exaltará sobremaneira, onde quer que estejamos...

Considerações finais: A exemplo de José, a nossa fé e fidelidade a Deus não podem ser circunstânciais e em toda e qualquer situação devemos nos alegrar no SENHOR, pois a alegria do SENHOR é a nossa força.

Portanto: “Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação”. (Habacuque 3:17-18)

Graça e Paz.

terça-feira, março 14, 2006

TENTAÇÃO DE JESUS!



Como Jesus Venceu a Tentação?

Na luta do cristão contra o diabo, o principal campo de batalha é a tentação. O discípulo precisa vencer o inimigo superando as tentações. Não estamos sós, contudo. Jesus tornou-se um homem, foi tentado como somos, obteve a vitória, assim mostrando como nós podemos triunfar sobre Satanás (note Hebreus 2:17-18; 4:15). É essencial, portanto, que analisemos cuidadosamente de que forma Jesus venceu.

Embora Jesus foi tentado várias vezes, ele enfrentou um teste especialmente severo logo depois que foi batizado. Lucas recorda este evento (Lucas 4:1-13), mas seguiremos a história conforme Mateus a conta: "A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. E, depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome" (Mateus 4:1-2). Pelo fato que foi o Espírito que levou Jesus para o deserto mostra que Deus pretendia que Jesus fosse totalmente humano e sofresse tentação. Note estas três tentativas de Satanás para seduzir Jesus.

Primeira Tentação

A afirmação do diabo: "Se és o Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães" (4:3). O diabo é um mestre das coisas aparentemente lógicas. Jesus estava faminto; ele tinha poder para transformar as pedras em pão. O diabo simplesmente sugeriu que ele tirasse vantagem de seu privilégio especial para prover sua necessidade imediata.

As questões: Era verdade que Jesus necessitava de alimento para sobreviver. Mas a questão era como ele o obteria. Lembre-se de que foi Deus quem o conduziu a um deserto sem alimento. O diabo aconselhou Jesus a agir independentemente e encontrar seus próprios meios para suprir sua necessidade. Confiará ele em Deus ou se alimentará a seu próprio modo? Há aqui, também, uma questão mais básica: Como Jesus usará suas aptidões? O grande poder que Jesus tinha seria usado como uma lâmpada de Aladim, para gratificar seus desejos pessoais? A tentação era ressaltar demais os privilégios de sua divindade e minimizar as responsabilidades de sua humanidade. E isto era crucial, porque o plano de Deus era que Jesus enfrentasse a tentação na área de sua humanidade, usando somente os recursos que todos nós temos a nossa disposição.

A resposta de Jesus: "Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus" (4:4). Em cada teste, Jesus se voltava para as Escrituras, usando um meio que nós também podemos empregar para superar a tentação. A passagem que ele citou foi a mais adequada naquela situação. No contexto, os israelitas tinham aprendido durante seus 40 anos no deserto que eles deveriam esperar e confiar no Senhor para conseguir alimento, e não tentar conceber seus próprios esquemas para se sustentarem.

Lições: 1. O diabo ataca as nossas fraquezas. Ele não se acanha em provar nossas áreas mais vulneráveis. Depois de jejuar 40 dias, Jesus estava faminto. Daí, a tentação de fazer alimento de uma maneira não autorizada. Satanás escolhe justamente aquela tentação à qual somos mais vulneráveis, no momento. De fato, as tentações são freqüentemente ligadas a sofrimento ou desejos físicos. 2. A tentação parece razoável. O errado freqüentemente parece certo. Um homem "tem que comer" . Muitas pessoas sentem que necessidades pessoais as isentam da responsabilidade de obedecer às leis de Deus. 3. Precisamos confiar em Deus. Jesus precisava de alimento, sim. Porém, mais do que isso, precisava fazer a vontade do Pai. É sempre certo fazer o certo e sempre errado fazer o errado. Deus proverá o que ele achar melhor; meu dever é obedecer-lhe. É melhor morrer de fome do que desagradar ao Senhor.

Segunda Tentação

A afirmação do diabo: "Então, o diabo o levou à Cidade Santa, colocou-o sobre o pináculo do templo e lhe disse: Se és filho de Deus, atira-te abaixo, porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito que te guardem; e: Eles te sustentarão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra" (4:5-6). Jesus tinha replicado à tentação anterior dizendo que confiava em cada palavra do Senhor. Aqui Satanás está dizendo: "Bem, se confia tanto em Deus, então experimenta-o. Verifica o sistema e vê se ele realmente cuidará de ti." E ele confirmou a tentação com um trecho das Escrituras.

As questões: A questão é: Jesus confiará sem experimentar? Desde que Deus prometeu preservá-lo do perigo, é certo criar um perigo, só para ver se Deus realmente fará como disse?

A resposta de Jesus: "Também está escrito: Não tentarás o Senhor, teu Deus" (4:7). A confiança verdadeira aceita a palavra de Deus e não necessita testá-la.

Lições: 1. O diabo cita a Escritura; ele põe como isca no seu anzol os versículos da Bíblia. Pessoas freqüentemente aceitam qualquer ensinamento, se está acompanhado por um bocado de versículos. Mas cuidado! O mesmo diabo que pode disfarçar-se como um anjo celestial (2 Coríntios 11:13-15) pode, certamente, deturpar as Escrituras para seus próprios propósitos. O diabo fez três enganos: Primeiro, não tomou todas as Escrituras. Jesus replicou com: "Também está escrito". A verdade é a soma de tudo o que Deus diz; por isso precisamos estudar todos os ensinamentos das Escrituras a respeito de um determinado assunto para conhecer verdadeiramente a vontade de Deus. Segundo, ele tomou a passagem fora do contexto. O Salmo 91, no contexto, conforta o homem que confia e depende do Senhor; ao homem que sente necessidade de testar o Senhor nada é prometido aqui. Terceiro, Satanás usou uma passagem figurada literalmente. No contexto, o ponto não era uma proteção física, mas uma espiritual. 2. Satanás é versátil. Jesus venceu em uma área, então o diabo se mudou para outra. Temos que estar sempre em guarda (1 Pedro 5:8). 3. A confiança não experimenta, não continua pondo condições ao nosso serviço a Deus, e não continua exigindo mais prova. Em vista da abundante evidência que Deus apresentou, é perverso pedir a Deus para fazer algo mais para dar prova de si.
Terceira Tentação
A afirmação do diabo: "Levou-o ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou- lhe todos os reinos do mundo e a glória deles e lhe disse: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares" (4:8-9). Que tentação! O diabo deslumbrava com a torturante possibilidade de reinar sobre todos os reinos do mundo.
As questões: A questão aqui não era tanto a de Jesus tornar-se um rei (Deus já lhe tinha prometido isso Salmo 2:7-9; Gênesis 49:10), mas de como e quando. O Senhor prometeu o reinado ao Filho depois de seu sofrimento (Hebreus 2:9). O diabo ofereceu um atalho: a coroa sem a cruz. Era um compromisso. Ele poderia governar todos os reinos do mundo e entregá-los ao Pai. Mas, no processo, o reino se tornaria impuro. Então as questões são: Como Jesus se tornaria rei? Você pode usar um meio errado e, no fim, conseguir fazer o bem?
A resposta de Jesus: "Retira-te Satanás, porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a ele darás culto"(4:10). Nada é bom se é errado, se viola as Escrituras.
Lições: 1. Satanás paga o que for necessário. O diabo ofereceu tudo para "comprar" Jesus. Se houver um preço pelo qual você desobedecerá a Deus, pode esperar que o diabo virá pagá-lo. (Leia Mateus 16:26). 2. O diabo oferece atalhos. Ele oferece o mais fácil, o mais decisivo caminho ao poder e à vitória. Jesus recusou o atalho; Ele ganharia os reinos pelo modo que o Pai tinha determinado. Hoje Satanás tenta as igrejas a usar atalhos para ganhar poder e converter pessoas. O caminho de Deus é converter ensinando o evangelho (Romanos 1:16). Exatamente como ele tentou Jesus para corromper sua missão e ganhar poder através de meios carnais, assim ele tenta nestes dias. 3. O diabo oferece compromissos por bons propósitos. Ele testa a profundeza de nossa pureza. Ele nos tenta a usar erradamente as Escrituras para apoiar um bom ponto ou dizer uma mentira de modo a atingir um bom resultado. Nunca é certo fazer o que é errado.
Conclusão
Nesta batalha entre os dois leões (1 Pedro 5:8; Apocalipse 5:5), Jesus ganhou uma vitória decisiva. E ele fez isso do mesmo modo que nós temos que fazer. Confiou em Deus (1 João 5:4; Efésios 6:16). Usou as Escrituras (1 João 2:14; Colossenses 3:16). Resistiu ao diabo (Tiago 4:7; 1 Pedro 5:9). O ponto crucial é este: Jesus nunca fez o que ele sabia que não era certo. Que Deus nos ajude a seguir seus passos (1 Pedro 2:21).

Gary Fisher

quinta-feira, março 09, 2006

HUM DIA ESPECIAL AO ANO PARA AS MULHERES "NÃO"!


AS MULHERES MERECEM SIM 365 DIAS ESPECIAIS AO ANO!

EM PROVÉRBIOS : 31 A PARTIR DO VERSÍCULO 10, DEUS DEIXA ESSAS PALAVRAS PARA AS MULHERES VIRTUOSAS.

10 Mulher virtuosa, quem a pode achar? Pois o seu valor muito excede ao de jóias preciosas.

11 Bete. O coração do seu marido confia nela, e não lhe haverá falta de lucro.

12 Guímel. Ela lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida.

13 Dálete. Ela busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com as mãos.

14 Hê. É como os navios do negociante; de longe traz o seu pão.

15 Vave. E quando ainda está escuro, ela se levanta, e dá mantimento à sua casa, e a tarefa às suas servas.

16 Zaine. Considera um campo, e compra-o; planta uma vinha com o fruto de suas mãos.

17 Hete. Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços.

18 Tete. Prova e vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite.

19 Iode. Estende as mãos ao fuso, e as suas mãos pegam na roca.

20 Cafe. Abre a mão para o pobre; sim, ao necessitado estende as suas mãos.

21 Lâmede. Não tem medo da neve pela sua família; pois todos os da sua casa estão vestidos de
escarlate.

22 Meme. Faz para si cobertas; de linho fino e de púrpura é o seu vestido.

23 Nune. Conhece-se o seu marido nas portas, quando se assenta entre os anciãos da terra.

24 Sâmerue. Faz vestidos de linho, e vende-os, e entrega cintas aos mercadores.

25 Aine. A força e a dignidade são os seus vestidos; e ri-se do tempo vindouro.

26 Pê. Abre a sua boca com sabedoria, e o ensino da benevolência está na sua língua.

27 Tsadê. Olha pelo governo de sua casa, e não come o pão da preguiça.

28 Côfe. Levantam-se seus filhos, e lhe chamam bem-aventurada, como também seu marido, que a louva, dizendo:

29 Reche. Muitas mulheres têm procedido virtuosamente, mas tu a todas sobrepujas.

30 Chine. Enganosa é a graça, e vã é a formosura; mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada.

31 Tau. Dai-lhe do fruto das suas mãos, e louvem-na nas portas as suas obras.

segunda-feira, março 06, 2006

"FAÇA COM A PRESENÇA DE DEUS"


Quem nós somos? Adoradores, ministros de Deus? Ou apenas músicos e pregadores performáticos? O que visamos? A Glória de Deus? Ou a Glória dos homens?

Deus deseja fazer coisas novas nestes dias no meio da Sua Igreja. Deus está se movendo de maneira nova e há um “novo som e uma nova mensagem” que precisamos captar. Como Deus faz coisas novas, precisamos estar atentos à Sua voz e ao Seu caminhar.

A música, adoração e a mensagem não transformam pessoas, o que as transformam é a presença de Deus! Ele manifesta se em espírito e em verdade. A música é uma avenida maravilhosa que carrega a adoração e a mensagem nos mostra porque temos que adora-lo . Música e adoração e mensagens são três coisas diferentes, mas se a música e a mensagem possuir a presença de Deus elas se tornarão em adoração.

A “chave” para sermos melhores músicos, cantores, arranjadores, treinadores e pregadores, é a presença de Deus! É a presença de Deus que vai fazer a diferença em nossa vida e ministério. O Rei Davi era um músico habilitado, mas a coisa mais importante, seu maior atributo era que Deus estava com ele (I Sm 16:18).

Não podemos ser apenas pregadores, músicos ou dirigentes dos cânticos que ministramos, mas devemos ser facilitadores da manifestação do Espírito de Deus. O grande erro que cometemos é quando nos tornamos apenas palestrante da palavra ou cantores e tocadores de instrumentos, pois na verdade, precisamos ser “líderes Espírituais”. Precisamos estar preparados e confiantes de tal forma, que quando tocarmos ou falarmos algo, Deus se manifestará através de nós.

Seremos usados pelo Senhor.

Assim como a chuva não começa no céu, mas na terra, através da evaporação da água que vai até a atmosfera, e quando alcança o ambiente certo transforma-se em chuva, a adoração da mesma forma, não começa no céu, mas começa aqui na terra.

Cuidado! Não devemos nos tornar atores, performáticos! Adoração e performance são duas coisas distintas. Quando as pessoas se impressionam por aquilo que fazemos (performance) erramos o alvo, mas se as pessoas ficarem cativadas pela presença de Deus (adoração), então, acertamos o alvo. Lembre-se, o mais importante não é a nossa performance, mas é a presença de Deus. As pessoas devem olhar para Ele e não para nós!

Por outro lado, tudo o que fizermos no “palco ou no púpito”, também deveremos fazer quando estivermos no meio do povo, porque senão nos tornaremos profissionais e performáticos. Nunca devemos pedir para as pessoas cantarem, louvarem, dançarem, ministrarem uma palavra, etc, se não estivermos dispostos a fazer o mesmo.

Lembre-se, Deus está fazendo coisas novas nestes dias! Estejamos atentos, abertos e sensíveis ao mover de Deus!

Deus abençoe!

Sábado na Igreja a qual eu congrego foi realizado o sábado do Jejum em consagração a Deus.
No qual muitos tem a oportunidade de falar algo que Deus tenha colocado no seu coração.

A irmã Luciene Levita da casa Deus, disse algo muito importante que até se igualou com o propósito o qual eu sai da minha casa. Ela tinha uma cede insaceavel de Deus e queria naquele momento sentir o Espirito Santo de perto, se aquecer no fogo Santo de Deus.

E o Senhor ouviu a oração que ela fazia e veio sobre Nós um refrigério, uma vontade enorme de chorar, de dizer ABBA PAI, Papaizinho querido, ali estava a verdadeira presença de Deus, uma paz se cobriu a igreja o sobrenatural de Jesus estava ali presente, eu gritava e chorava ao mesmo tempo, a minha carne tremia, a minha boca glorificava sem para eu queria pular, correr , mas me segurava, dando Glórias ao Deus que é digno.

Oh aleluias , glórias a Deus.



*Material baseado na reunião de Ted Hanson, com algumas alteração feitas por Gilmar.*

sexta-feira, março 03, 2006

AGRADEÇO A "JESUS CRISTO" PELA GRAÇA ALCAÇADA.


Onde quer que andemos pela cidade de S.Paulo deparamo-nos com inúmeros cartazes, faixas e letreiros pendurados nas fachadas das casas e nos postes com a seguinte inscrição: "AGRADEÇO A SANTO EXPEDITO PELA GRAÇA ALCANÇADA". Fiquei curioso: quem é esse homem que está resolvendo o problema de tantas pessoas?

Resolvi procurar na Bíblia para ver se aparecia o seu nome, se ele tinha andado com Cristo ou comPaulo. Quem sabe ele fosse um dos discípulos? Minha busca deu em nada: não aparece Santo Expedito na Bíblia. Fui pesquisar então na História e finalmente achei o homem: ele foi comandante de uma legião romana, converteu-se ao cristianismo e morreu martirizado no ano 303. Diz a história que no momento de sua conversão apareceu um corvo (simbolizando o mal) que lhe falou: "Cráss" que significa "amanhã" em latim.
O corvo queria que ele deixasse a conversão para outro dia. Ele não aceitou e esmagou o corvo com o pé direito, afirmando "hodie" (que significa hoje). "Não vou deixar nada para amanhã". Ficou conhecido, então, como o santo que resolve as coisas com rapidez.

Continuei pesquisando para ver quando foi sua ressurreição, mas não há menção desse fato. Ora, se não ressuscitou como Jesus significa então que ele está no Paraíso, aguardando o Dia do Juízo, junto com o ladrão da cruz, junto com Pedro, com Maria, e todos os mais que morreram em
Cristo.

Eu até creio que após sua conversão Expedito foi um homem bom e justo. Mas agora encontra-se completamente impossibilitado de atender minhas preces e nem sequer sabe que eu existo.

Outro dia recebi um e-mail ensinando-me a pedir as coisas para Santo Expedito. Ao final dizia para remeter a mesma mensagem para mais 15 pessoas e não quebrar a corrente. Como eu não quero mexer com os mortos (e acho que quem já morreu merece descanso), ao invés de mandar aquela mensagem, eu escrevi uma outra que passei adiante e dizia assim:

AGRADEÇO A JESUS PELA GRAÇA ALCANÇADA, POIS...

...é Jesus que atende às causas impossíveis ("Porque sem Mim, nada podeis fazer - João 15.5);

...é Jesus que se alegra quando pedimos as coisas apenas em Seu Nome ("E tudo o que pedirdes em meu Nome, eu o farei" - João 14.13)

...é Jesus o único "intermediário" entre Deus e os homens ("Porque há um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus - 1Timóteo 1.5)

...é Jesus o único com poder para interceder por nós ("Cristo Jesus está à direita de Deus e intercede por nós" - Romanos 8.34)

...é a Jesus quem Maria recorreu quando acabou o vinho na festa de casamento e disse: "façam tudo o que Ele vos disser" - João 2.5

MAS ATENÇÃO: Para receber a Graça NÃO PRECISA passar essa mensagem adiante. É necessário apenas Fé em Jesus Cristo. Nada mais. [fim da mensagem]

quarta-feira, março 01, 2006

NO QUE VOCÊ ESTA SEGURO?


" Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para que não possa ouvir."(Isaias. 59:01).

Esta é a história de um alpinista que sempre buscava superar mais e mais desafios.

Ele resolveu, depois de muitos anos de preparação, escalar o Aconcágua. Ele queria a glória somente para si.

Resolveu então escalar sozinho sem nenhum companheiro, o que seria natural no caso de uma escalada dessa dificuldade. Ele começou a subir e foi ficando cada vez mais tarde.

Porém ele não havia se preparado para acampar e resolveu seguir a escalada, decidido a atingir o topo.

Escureceu, e a noite caiu como um breu nas alturas da montanha, e não era possível mais enxergar um palmo à frente do nariz, não se via absolutamente nada.

Tudo era escuridão, zero de visibilidade, não havia Lua e as estrelas estavam cobertas pelas nuvens. Subindo por uma "parede", a apenas 100 metros do topo, ele escorregou e caiu...Caía a uma velocidade vertiginosa, somente conseguia ver as manchas que passavam cada vez mais rápidas na escuridão.

Sentia apenas uma terrível sensação de estar sendo sugado pela força da gravidade. Ele continuava caindo e, nesses angustiantes momentos, passaram por sua mente todos os momentos felizes e tristes que ele já havia vivido em sua vida.

De repente ele sentiu um puxão forte que quase o partiu pela metade ... shack!
Como todo alpinista experimentado, havia cravado estacas de segurança com grampos a uma corda comprida que fixou em sua cintura. Nesses momentos de silêncio, suspenso pelos ares na completa escuridão, não sobrou para ele nada além do que gritar:- Oh, meu Deus! Me ajude!

De repente uma voz grave e profunda respondeu: - O que você quer de Mim, meu filho - Me salve, meu Deus, por favor! - Você realmente acredita que Eu possa te salvar - Eu tenho certeza, meu Deus. - Então corte a corda que mantém você pendurado...Houve um momento de silêncio e reflexão.
O alpinista se agarrou mais ainda a corda e pensou que se largasse a corda morreria...
Conta o pessoal de resgate que no dia seguinte encontraram um alpinista congelado, morto, agarrado com as duas mãos a uma corda ... a não mais de dois metros do chão.

E você...Está segurando a corda?