sexta-feira, junho 23, 2006

"MULHER DE FÉ E OUSADIA"

Partindo Jesus dali, retirou-se para os lados de Tiro e Sidom.
E eis que uma mulher cananéia, que viera daquelas regiões, clamava: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de mim! Minha filha está horrivelmente endemoninhada.
Ele, porém, não lhe respondeu palavra.
E os seus discípulos, aproximando-se, rogaram-lhe: Despede-a, pois vem clamando atrás de nós.

Mas Jesus respondeu: Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.

Ela, porém, veio e o adorou, dizendo: Senhor, socorre-me!

Então, ele, respondendo, disse: Não é bom tomar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos.

Ela, contudo, replicou: Sim, Senhor, porém os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos.
Então, lhe disse Jesus: Ó mulher, grande é a tua fé! Faça-se contigo como queres.
E, desde aquele momento, sua filha ficou sã. Mateus 15.21-28

Por causa da insistência da mulher , Jesus a disse: Faça-se contigo como queres.

O pedido da mulher cananéia era apenas um, que Jesus libertasse a sua filha que estava endemoninhada.

Havia pelo menos três barreiras que poderia desencorajá-la de cumprir sua tarefa; ela era gentia; ela era cananéia; e ela era mulher. Mas a fé e a ousadia dessa mulher foi maior que as outras três barreiras que estava a sua frente.

Por causa da fé e ousadia dessa mulher, Jesus disse: Faça-se contigo como queres .
Ela queria apenas a liberdade de sua filha, mas a sua fé e ousadia deu a ela legalidade para conseguir a realização de qualquer outro desejo, vontade, necessidade.

Estas foram palavras muito duras de ouvir. Uma pessoa orgulhosa se teria rebelado diante de tal declaração do Senhor.

Ela, pelo contrário, se submeteu humildemente a Seu julgamento e reconheceu a sua posição como pecadora diante de Deus.

Então, pela fé, foi capaz de acompanhar o raciocínio do Senhor: "Se eu estou na categoria dos cães, então posso pelo menos contar com umas poucas migalhas que caem da mesa do Mestre".

Apesar da pobreza e humildade de Jesus, a mulher O considerou rico e gracioso o suficiente para abençoar não apenas a Israel, mas também satisfazer as necessidades dos pagãos com as sobras.

Tal fé deve ter alegrado o coração do Senhor! Acreditar nEle significa esperar dEle grandes coisas.

Jesus sempre atende à fé, dando ao crente, na medida de sua necessidade, redenção e livramento do mal. Ele lhe concede paz e alegria no coração. Essa foi a experiência daquela mulher. Que transformação aconteceu em sua casa! Antes havia tristeza e tribulação; agora alegria e gratidão!

Que Deus gere fé e ousadia em você para que barreira alguma te impeça de ver a glória de Deus e que a sua fé e ousadia seja tão grande, que lhe dê legalidade de realizar todos os seus sonhos, necessidades, desejos, não apenas a sua vontade de ter um favor apenas do Mestre.

Deus o abençoe!

4 Comments:

At 3:19 PM, Anonymous Irmã Telma said...

A paz irmão
Que Deus opere em sua vida também acrescentando-lhe mais fé e ousadia em ministrar sua Palavra
Deus te abençõe.

 
At 7:18 AM, Blogger Jaime said...

A paz Gilmar

Duas palavras que lembram sua história de vida Fé e Ousadia. Que Deus continue te abençoado. Quanto a sua casa é um lugar tão abençoado que quando entramos lá não dá vontade de sair. Abraços ao Vinícius estou muito feliz pelo entusiasmo dele no ministério. E no proxímo sábado é o Brasil na Globo e a IBANOV na RIT.

Deus abençoe, abraços

 
At 9:43 AM, Anonymous Anônimo said...

irmão Gilmar
A PAZ
LINDA MENSAGEM, NÓS AGORA NÃO PRECISAMOS DAS MIGALHAS MAS SIM DO ALIMENTO,DO PÃO QUE DESCEU DO CEU.
Irmã MªLUCIA

 
At 1:27 PM, Blogger Kelly said...

Quando aquele mulher determinou em seu coração conseguir a vitória, nada mais a faria desistir. Jesus sabia disso, e admirou-se, pois mesmo depois de tantos não, ela ainda estava ali. Correu aos pés do mestre e suplicou, argumentando e trazendo as palavras de Jesus a seu favor. Ela sabia que o poder de Jesus era tão grande que estava disposta a receber apenas migalhas, crendo que seria suficiente. E é isso meus irmãos, fé é isso ai. Crer e não desistir nunca.

 

Postar um comentário

<< Home